Autarca de Ourique pede mais atenção para o interior

Autarca de Ourique pede

O presidente da Câmara Municipal de Ourique defende que o Poder Central, nomeadamente o Governo, dê mais atenção aos territórios do interior do país, no sentido de combater as desigualdades destes face ao litoral.
“Portugal precisa que o princípio da igualdade seja respeitado, tratando-se de forma igual o que é igual e de forma diferente o que é diferente. O interior é diferente, precisa de um tratamento diferenciado, nas opções políticas e nos meios disponibilizados”, sublinhou Marcelo Guerreiro durante a cerimónia de inauguração do novo lar da Fundação Casa do Povo de Santana, onde esteve também presente a secretária de Estado da Segurança Social.
Na opinião do autarca do PS, “perante os desafios que se colocam ao interior, como a desertificação, a dispersão geográfica e o envelhecimento da população, só uma acção concertada do Estado Central, das autarquias locais e das instituições da economia social conseguirá corresponder às necessidades e às expectativas dos cidadãos”.
Marcelo Guerreiro lembrou ainda que “ao longo dos anos, perante a distância e a indiferença que por vezes povoa o Poder Central, o Município de Ourique, as juntas de freguesia e a economia social têm procurado corresponder às necessidades, às expectativas e aos sonhos” dos ouriquenses.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima