ASSESTA cria prémio literário em memória de Figueira Mestre

ASSESTA cria prémio literário

A Direcção Regional de Cultura do Alentejo e a ASSESTA – Associação de Escritores do Alentejo, com sede em Beja, assinam este sábado, 28, o protocolo de colaboração para a criação do Prémio Literário Joaquim Mestre.
De acordo com a associação, este prémio tem o objectivo de “promover, defender e valorizar a Língua Portuguesa e a identidade e diversidade cultural da região Alentejo, suas tradições, de promover e incentivar a criação literária nas modalidades de conto e romance, o gosto pela leitura e pela escrita e ainda, simultaneamente, homenagear o romancista e contista alentejano Joaquim Figueira Mestre”, já falecido.
O prémio será lançado ainda em 2017 e é instituído em parceria com a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, que irá assegurar o montante financeiro atribuído ao vencedor, além de contar com apoio da Câmara de Beja.
A sessão de assinatura do protocolo decorre em Évora, a partir das 16h00, e contará com a participação de Joaninha Duarte (contadora de histórias), Napoleão Mira (spoken word), Marta d’Almeida (jazz) e de Fernando Évora (leitura de um texto de Joaquim Mestre).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima