Assembleia Municipal de Beja exige fibra ótica nas aldeias

Internet - via ótica

A Assembleia Municipal de Beja aprovou na terça-feira, 27, por unanimidade, uma moção onde exige que as populações possam aceder à Internet de fibra ótica nas aldeias do concelho que já dispõem destas infraestruturas, mas onde o serviço ainda não está disponível.

Segundo a presidente da Assembleia Municipal, Conceição Casanova, a moção “começou por ser” da União de Freguesias de Albernoa e Trindade, mas, por ser “um problema comum em várias localidades”, passou a “moção conjunta”.

De acordo com o presidente da União de Freguesias de Albernoa e Trindade, Carlos Casimiro, a moção resultou do descontentamento da população destas aldeias com a ausência do serviço de fibra ótica.

O documento vai agora ser enviado para a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), Meo [Altice Portugal], ministra da Coesão Territorial e deputados da Assembleia da República eleitos pelo círculo eleitoral de Beja.

Opinião

Carlos Pinto

16 de Fevereiro, 2024

Saber Andar à frente do tempo

Napoleão Mira

16 de Fevereiro, 2024

E Depois do Adeus…

Vitor Encarnação

2 de Fevereiro, 2024

Adeus

Carlos Pinto

2 de Fevereiro, 2024

Investimento essencial

Carlos Pinto

19 de Janeiro, 2024

Já vemos Luz ao fundo do túnel

Napoleão Mira

19 de Janeiro, 2024

Um Salazar Não Chega

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima