Arte para todos no concelho de Mértola

Música, cinema, dança, poesia e circo contemporâneo são alguns dos destaque da “Arte Non Stop”, evento que a Câmara de Mértola promove, entre esta quinta-feira, 22, e dia 1 de outubro, para “a construção de comunidades mais conscientes, sustentáveis, coesas e justas”.

A 19ª edição da iniciativa promete “uma viagem por propostas culturais que evidenciam o papel cívico da arte e da cultura”, além de assinalar o regresso da programação regular aos principais espaços culturais do concelho.

“O objetivo da ‘Arte Non Stop’ é trazer à população e à comunidade uma variedade de espetáculos, dentro de diferentes linguagens artísticas”, além de “marcar o reinício da programação cultural regular” após “um período de festas mais na rua”, sublinha ao “CA” a vereadora Rosinda Pimenta.

A 19ª edição da “Arte Non Stop” conta com uma programação eclética, que vai passar pelos principais espaços culturais do concelho, nomeadamente cineteatro Marques Duque, galeria do Castelo, Casa das Artes Mário Elias, Pavilhão Multiusos, Convento de São Francisco (todos em Mértola) e cineteatro da Mina de São Domingos.

O evento arranca nesta quinta-feira, 22, às 14h00, com a passagem do filme “Os trabalhos e os dias” no cineteatro Marques Duque.

Para sexta-feira, 23, está prevista a inauguração, na galeria do castelo, da exposição “Teresa Magalhães: um pouco mais longe” (18h00), com curadoria de José Alexandre de S. Marcos, e a exibição do filme “A metamorfose dos pássaros”, às 21h00 no cineteatro Marques Duque, seguida de uma conversa com a realizadora Catarina Vasconcelos e o produtor Pedro Fernandes Duarte,

No sábado, 24, destaque para o espetáculo de clown “Rojo”, com MireaMiracle (19h00 no Largo Vasco da Gama), e para o concerto dos “Beautify Junkyards” (21h30 no Convento de São Francisco), ao passo que no domingo, 25, é apresentada a peça de teatro “O estado do mundo (quando acordas)?”, pela companhia Formiga Atómica (16h00 no cineteatro Marques Duque).

Durante a semana, destaque para o espetáculo de dança “Meio no meio”, de Victor Hugo Pontes (terça-feira, 27, às 21h00, no pavilhão multiusos); e para o concerto de Gaspar Varela &Yerai Cortés, igualmente integrado no I Festival Futurama (sexta-feira, 30, às 18h00, no Convento de São Francisco).

Ao longo destes dias, a programação do evento inclui ainda teatro para as escolas, exposições e oficinas de “clown social”, composição gráfica, e de vídeo e som, além do momento de partilha “Arte Açorda”, previsto para as 19h30 de quinta-feira, 29, na casa das Artes Mário Elias, que contará com a participação especial do projeto comunitário de Artes Performativas de Mértola. 

A “Arte Non Stop 2022” termina no sábado, 1 de outubro, dia em que está agendado o espetáculo de dança “Bownd”, com Catarina Campos e Melissa Sousa (19h00 no cineteatro da Mina de São Domingos), e um concerto de Pedro Mafama (21h30 no cineteatro Marques Duque).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima