Ambilital pode começar a fazer recolha de lixo

Ambilital pode começar

A Ambilital está a avaliar a possibilidade de assegurar a recolha de resíduos urbanos nos concelhos de Alcácer do Sal, Aljustrel, Ferreira do Alentejo, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Grândola, substituindo as autarquias locais nessa função. O projecto está em fase de estudo e a decisão de avançar, ou não, com a ideia deverá ser tomada pelos municípios ainda neste ano de 2017.
De acordo com o administrador-executivo da empresa, a Ambilital passaria a juntar a recolha de resíduos urbanos à recolha dos resíduos depositados nos ecopontos, o que permitiria uma poupança no custo final dos dois serviços.
“Isto permitirá ter ganhos de escala e até dar mais sustentabilidade ao sistema. E poderia fazer baixar e muito os custos da recolha na sua globalidade”, afiança António Viana Afonso em declarações ao “CA”.
Para este responsável, “este sistema é possível, é desejável e tem ganhos de escala bastante significativos”. “E estamos em crer que permitiria dar mais sustentabilidade às tarifas, não só na sua manutenção ou até na descida” do montante que é cobrado aos munícipes, acrescenta.
Para já, o projecto está ainda em fase de estudo. Mas António Viana Afonso crê que haverá decisões ainda este ano. “Os municípios mostraram muita vontade em tomar esta decisão ainda em 2017, até porque termina este ano um ciclo autárquico”, diz o administrador-executivo da Ambilital, voltando a vincar as vantagens do processo.
“Sabemos das dificuldades que as autarquias têm na manutenção e conservação de viaturas, na contratação de pessoal e isto agilizaria a tarefa que os municípios têm nesta matéria”, argumenta.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima