Amália Rodrigues recordada em Odemira

Amália Rodrigues

Este é o fim-de-semana para recordar Amália no concelho de Odemira, com uma exposição e um espectáculo de fado a marcar a iniciativa que contará ainda com visitas à casa de férias da fadista no Brejão.
O evento “Odemira recorda Amália” pertence à Câmara Municipal de Odemira e à Fundação Amália Rodrigues e, para começar, neste sábado, pelas 15h00, será inaugurada a exposição de escultura “InFatum”, da fadista Cristina Maria, sendo o momento intercalado com uma actuação musical, na Biblioteca José Saramago, em Odemira.
À noite, pelas 21h00, no Centro Social do Brejão decorrerá a assinatura de protocolo entre o Município de Odemira e a Associação Cultural, Desenvolvimento Económico e Social do Brejão, para apoio à gestão do Posto Médico do Brejão – uma doação da fadista à localidade, definida em testamento.
Seguir-se-á uma Noite de Fados, com a participação dos fadistas Jorge Fernando e Cristina Maria – uma fadista que integra a nova geração de intérpretes de fado, com uma forte ligação à tradição amaliana. Já Jorge Fernando é um dos rostos mais conhecidos do fado. Músico, fadista e produtor, é um dos compositores mais cantados da música portuguesa e foi uma dos músicos que acompanhou Amália Rodrigues.
O segundo dia de homenagem a Amália, domingo, 2, está reservado para a realização de visitas guiadas à casa de férias de Amália Rodrigues, localizada perto da localidade do Brejão, junto à costa.
As visitas decorrerão entre as 10h00 e as 12h00 e, durante a tarde, das 14h00 às 17h30. Os grupos de 10 visitantes serão acompanhados por um guia da Fundação Amália.
Segundo a Câmara de Odemira, com esta iniciativa pretende-se “manter viva a memória” de Amália Rodrigues e a ligação que, ao longo da sua vida, manteve com o concelho de Odemira.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima