Alqueva forneceu mais água para rega em 2022

Barragem de Alqueva

A volume de água para rega fornecida pela albufeira do Alqueva aos perímetros do seu empreendimento de fins múltiplos e confinantes aumentou em 2022, face ao ano anterior, revela a EDIA.

Segundo o Relatório de Caracterização dos clientes da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA) em 2022, consultado pelo “CA”, o Sistema Global do Alqueva forneceu aos seus clientes, no último ano, um total de 516.585.724 metros cúbicos (m3) de água.

O maior volume, na ordem dos 363.223.570 m3, destinou-se aos beneficiários dos perímetros do Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva (EFMA) e regantes precários.

“Verifica-se que existiu um aumento do consumo em cerca de 15% [relativamente a 2021, que foi de 315.075.844 m3], tendo este aumento face a 2018 atingido os 85%”, frisa o relatório.

No documento, a EDIA rejeita que este aumento esteja relacionado com a seca que afetou a região, em virtude dos valores da precipitação em 2021 e 2022 “terem sido bastante próximos”.

“A justificação pode estar no facto de existirem outros parâmetros (aumento da área inscrita ainda que residual; entrada em velocidade de cruzeiro dos novos olivais e amendoais, desfasamento entre os períodos de precipitação e da fase das culturas…) que também podem ter impacto na evolução dos consumos”, argumenta.

Já os perímetros de rega confinantes ao EFMA receberam, em 2022, 105.677.593 m3 de água proveniente do Alqueva, “mais cerca de 230%” que no ano anterior, aumento em parte motivado pela seca.

“Este volume tão elevado está relacionado com o nível baixo a que se encontravam as albufeiras dos confinantes e também pela necessidade de armazenar uma maior quantidade de água neste ano [2022], uma vez que se perspetivava em 2022 que a tarifa da água para 2023 iria sofrer um aumento significativo”, observa o relatório da EDIA.

A EDIA acrescenta que a área regada pelo Alqueva, através do EFMA e das associações beneficiárias que gerem os perímetros confinantes, “foi perto dos 151 mil hectares”.

Em 2022, o Sistema Global do Alqueva forneceu ainda 27.165.419 m3 de água para captações diretas, assim como 10.827.491 m3 para abastecimento industrial e mais 9.691.651 m3 para abastecimento público às populações.

Neste último, foram fornecidos pelo Alqueva um total de 162.868 clientes de 13 municípios dos distritos de Beja e Évora, através da empresa Águas Públicas do Alentejo, ligada ao Grupo Águas de Portugal.

Opinião

Carlos Pinto

7 de Junho, 2024

O problema da imigração

Napoleão Mira

7 de Junho, 2024

Mestre Vargas, Um Barbeiro Invulgar

Carlos Pinto

24 de Maio, 2024

Tensão extrema!

Vitor Encarnação

24 de Maio, 2024

Sábado à noite

Carlos Pinto

10 de Maio, 2024

O futuro dos Bombeiros!

Napoleão Mira

10 de Maio, 2024

A Alquimia das Favas

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima