Aljustrelense eliminado da Taça de Portugal

Aljustrelense eliminado

O Mineiro Aljustrelense foi eliminado este domingo, 20, da Taça de Portugal, perdendo na quinta eliminatória da competição com o Tondela, equipa que milita na Liga NOS.
O jogo terminou com o resultado de 1-2, sendo que a equipa do distrito de Viseu marcou logo aos três minutos, por Miguel Cardoso, numa altura em que no estádio ainda se ouvia o “hino dos mineiros”.
Não tardou a resposta do Aljustrelense, com Tino a marcar aos 14 minutos após uma excelente jogada de Banana. Mas aos 19 o Tondela colocou-se de novo em vantagem, por intermédio de um auto-golo de Marcos, que traiu o seu guarda-redes após um cruzamento da direita.
Aos 22 minutos Banana ainda teve o empate nos pés, mas não evitou a “mancha” do guarda-redes Cláudio Ramos e até ao intervalo o Tondela controlou as operações.
Na segunda parte houve sempre mais Mineiro, que poderia inclusive ter marcado aos 55 minutos (por Miguel Pinéu) e aos 84 minutos (primeiro por Tino, depois por Nando). E a equipa de Aljustrel pode queixar-se do árbitro algarvio Nuno Almeida, que aos 88 minutos não assinalou uma grande penalidade cometida por David Bruno sobre Nando.
No final o Tondela fez a festa (nunca antes tinha chegado aos oitavos-de-final da Taça de Portugal), mas o Mineiro Aljustrelense saiu de cabeça erguida.

REACÇÕES

Vítor Rodrigues // treinador do Aljustrelense
“Não tivemos eficácia, mas saímos de cabeça erguida. Foi um jogo interessante e caímos de pé.”

“A minha opinião é que é pénalti [aos 88 minutos] e ponto final. Nem nos treinos vi o miúdo [Nando] fazer qualquer tipo de simulação, não tem velhaquice nenhuma… Mas o árbitro assim entendeu. Mas não é por aí que não empatámos o jogo. Não empatámos porque nas oportunidades que tivemos não marcámos e tínhamos de marcar.”

Petit // treinador do Tondela
“Sabíamos que ia ser um jogo difícil, por isso é que é Taça. Há sempre surpresas na Taça de Portugal! Mas entrámos bem no jogo e fizemos um golo. O Aljustrelense reagiu, conseguiu fazer um golo através de um erro nosso. Soubemos reagir e fizemos logo o 2-1. Não criámos muitas oportunidades, o campo também não era fácil para nós, o sintético não nos ajudou. Mas o objectivo foi cumprido e os jogadores estão de parabéns. Uma palavra também para os jogadores do Aljustrelense, que se bateram bem. Os adeptos também estiveram muito bem, as pessoas daqui receberam-nos muito, muito bem… E o mais importante foi conseguido, que foi passar à próxima eliminatória.”

“Tínhamos analisado esta equipa do Aljustrelense com o Louletano e com o Farense. Sabíamos que era uma equipa que jogava um futebol directo, o seu avançado [Tino] é muito possante, muito forte. O campo também os ajuda um pouco, pois não estamos habituados ao piso. Mas batemo-nos bem e a nossa vitória é inteiramente justa.”

Gilberto Coimbra // presidente do Tondela
“É Taça e em cada eliminatória acontecem surpresas! Este domingo calhou ao Nacional e aos Paços de Ferreira, podia ter calhado ao Tondela… Mas é evidente que se o Aljustrelense fizesse todos os jogos em casa conforme fez com o Tondela não estava em sétimo [no campeonato]. A motivação é outra, é a mesma coisa que o Tondela jogar com o Benfica, com o Porto ou o Sporting.”

FICHA DE JOGO

Estádio Municipal de Aljustrel

ÁRBITRO: Nuno Almeida (AF Algarve), auxiliado por Paulo Ramos e Venâncio Tomé
4º ÁRBITRO: Sérgio Piscarreta

ALJUSTRELENSE: Fábio Reis; Miguel Pinéu, Marcos (Valdir, 83), Samiro e Paulo Maurício; Carlos Estebaínha, Diogo Gandarez (Edi, 72) e João Nabor; Banana, Zé Francisco (Nando, 62) e Tino
TREINADOR: Vítor Rodrigues
DISCIPLINA: Amarelo para Zé Francisco (11) e Diogo Gandarez (45)
GOLO: Tino (14)

TONDELA: Cláudio Ramos; David Bruno, Pica, Kaká e Candé; Fernando Ferreira, Bruno Monteiro e Wagner; Murillo (Dylan, 59), Erick (Zé Turbo, 65) e Miguel Cardoso (Pité, 89)
TREINADOR: Petit
DISCIPLINA: Pica (42) e Cláudio Ramos (86)
GOLOS: Miguel Cardoso (3) e Marcos (19 / na própria baliza)

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima