Aljustrelense e Castrense favoritos no "Distritalão"

Aljustrelense e Castrense

O espectáculo vai começar! Depois de quatro meses de “descanso”, arranca este sábado, 28 de Setembro, pelas 15h00, a edição 2013-2014 do campeonato distrital da 1ª divisão.
Na última temporada o Desportivo de Almodôvar surpreendeu tudo e todos desde a primeira jornada e acabou por transformar a sua caminhada rumo ao título quase num “passeio”, mas este ano a principal prova do calendário da Associação de Futebol de Beja promete muito mais competitividade até ao fim pela vitória final, com dois candidatos assumidos à subida e um par de emblemas dispostos a fazerem uma “gracinha”.

Históricos… e candidatos
Na primeira linha de candidatos ao título em 2013-2014 surgem, naturalmente, os “históricos” Mineiro Aljustrelense e FC Castrense, que regressam este ano ao “Distritalão” com a natural ambição de voltar aos nacionais.
Em Aljustrel respira-se confiança em todos os quadrantes!
O clube da vila das minas, que já carimbou o “passaporte” para a terceira eliminatória da Taça de Portugal, conseguiu manter as principais figuras do plantel às ordens de Vítor Rodrigues e teve “arte e engenho” para se reforçar com muita qualidade, caso do médio criativo João Nabor (ex-At. Reguengos) ou os avançados José Feio (ex-Vasco da Gama) e Rui Pepe (ex-FC Castrense).
Apesar da saída do capitão para o “rival” de Aljustrel, o FC Castrense é o outro grande candidato à conquista do campeonato deste ano.
Mário Tomé continua a ser o “homem do leme” na turma de Castro Verde, que operou mexidas significativas) no seu plantel, dotando a equipa verde-e-negra de muitas (e boas) opções para os quase oito meses de competição.

Direito a sonhar
Mas nem só Mineiro Aljustrelense e FC Castrense sonham com o título distrital!
Apesar de se encontrarem num patamar inferior na “bolsa de apostas”, também Vasco da Gama e FC Serpa podem ambicionar em superar as expectativas e conquistar algo mais que um lugar no pódio.
De regresso ao “Distritalão” depois da inédita experiência na extinta 3ª divisão nacional, o Vasco da Gama promete ser um dos casos sérios do campeonato, orientado por um técnico jovem (José Pratas) e apresentando um plantel bastante equilibrado.
O mesmo sucede na “cidade-branca”, onde o “histórico” FC Serpa, liderado por Hugo Felício, manteve a “espinha dorsal” da equipa que se sagrou vice-campeã em 2012-2013 e se reforçou com alguma veterania e jovens de muita qualidade.

Lutar para sobreviver
Com a luta pelo título (aparentemente) destinada a apenas quatro emblemas, aos restantes 10 clubes pouco mais restará que a ambição de garantir a manutenção na 1ª divisão distrital.
Ainda assim, os plantéis que Milfontes, Odemirense, Piense, Aldenovense e Rosairense apresentam deixam antever equipas capazes de baralhar as contas dos de frente, enquanto que a Sp. Cuba, Cabeça Gorda, FC São Marcos, Bairro da Conceição e Guadiana de Mértola não deverá restar mais que o objectivo de evitar o último lugar do campeonato.

1ª DIVISÃO DISTRITAL
JORNADA 1 – 28 DE SETEMBRO

FC Castrense – Guadiana de Mértola
Bairro da Conceição – Aldenovense
Cabeça Gorda – Mineiro Aljustrelense
Vasco da Gama – Odemirense
Sp. Cuba – Milfontes
Rosairense – FC São Marcos

Jogos às 15h00

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima