Aljustrel doa viseiras a IPSS do distrito

Aljustrel doa viseiras

Depois das IPSS e outras entidades socais locais, a Câmara de Aljustrel doou mais 300 viseiras de protecção, essenciais na prevenção da Covid-19, a instituições sociais e entidades públicas de todo o Baixo Alentejo.
As viseiras foram produzidas pela empresa Rectângulo Vermelho e pelo fab lab da associação Buinho, de Messejana, e entregues ao Centro de Saúde e à Misericórdia de Cuba, Centro de Saúde de Castro Verde, Fundação Domingos Simão Pulido (Vidigueira), Centro Social Nossa Senhora da Graça (Baleizão), Bombeiros Voluntários de Grândola, Fundação Joaquim António Franco e Seus Pais (Casével) e ResiAlentejo.
“A Câmara de Aljustrel continua, deste modo, empenhada em continuar esta distribuição a nível regional”, revela a autarquia em comunicado, esclarecendo “que apenas está a ofertar, dentro das suas possibilidades, algumas IPSS e entidades públicas”.
“No entanto, particulares e empresas privadas que estejam interessados em adquirir este equipamento de protecção podem encontrá-lo, a um preço mais baixo do que está a ser praticado no mercado, na Rectângulo Vermelho, que se encontra instalada no Parque Industrial de Aljustrel, e que está a produzir e comercializar o seu próprio modelo de viseira de rosto”, acrescenta a Câmara Municipal.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima