Aljustrel: Cine Oriental em remodelação com investimento de 1,1 milhões

Aljustrel: Cine Oriental em remodelação com investimento de 1

As obras de requalificação e ampliação da sala de cinema da vila de Aljustrel, o Cine Oriental, já começaram, num investimento de 1,1 milhões de euros que vai permitir a reabertura do espaço em 2013 como sala polivalente.
A empreitada, prevista durar 15 meses, começou no início deste mês e o Cine Oriental irá reabrir em 2013, disse o presidente da Câmara de Aljustrel, Nelson Brito.
Segundo o autarca, as obras de requalificação e ampliação do Cine Oriental, que funcionava só como sala de cinema, vão permitir "melhorar substancialmente" as condições do edifício, para poder também servir de "palco" para vários tipos de espectáculos culturais e eventos.
O Cine Oriental, quando reabrir, será "uma sala polivalente" com condições para acolher, além de sessões de cinema, vários espectáculos culturais, como os de música, teatro, dança e variedades e outros tipos de eventos, como seminários, conferências e cerimónias públicas.
Trata-se de uma "intervenção profunda" que vai permitir ampliar o palco, que ficará com oito metros de profundidade e três metros de largura, e criar um espaço de apoio ao palco, através da ligação a um edifício adjacente ao Cine Oriental, explicou Nelson Brito.
A intervenção vai também permitir requalificar os acessos, a bilheteira, o bar, a plateia, o balcão e as casas de banho do Cine Oriental, acrescentou.
A empreitada, orçada em 1,1 milhões de euros, vai ser financiada por fundos comunitários, em pelo menos 80 por cento, sendo a verba restante assegurada pelo município.
Segundo o autarca, o Cine Oriental fechou há "cerca de seis meses", por "falta de condições" e "razões de segurança", e, desde então e até à reabertura do espaço, as sessões de cinema em Aljustrel decorrem no auditório da Biblioteca Municipal.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima