Aljustrel, Castro e Odemira em festa para celebrar 25 de Abril

Aljustrel

Aljustrel, Castro Verde e Odemira estão em festa por estes dias, no sentido de assinalar o 39º aniversário da Revolução dos Cravos, que se assinala esta quarta-feira, 24.
Em Aljustrel os festejos arrancam às 21h00 desta quarta-feira na Praça da Resistência e ao longo da noite há muita música e animação com o concerto que juntará no mesmo palco a banda filarmónica local aos cantores FF, Vanessa Silva e CC. E à meia-noite terá lugar o tradicional espectáculo piro-técnico.
Quinta-feira, dia 25 de Abril, destaque para o raid cicloturista pelo concelho (8h30) e para uma sessão da Assembleia Municipal, que irá evocar a data e homenagear os combatentes falecidos na Guerra Colonial, com a inauguração de um monumento (10h00).
Durante a manhã realizam-se ainda diversas actividades desportivas e infantis e um almoço de antigos combatentes, enquanto que de tarde destaque para a actuação de diversos grupos e bandas locais na Praça da Resistência (15h30) e para a homenagem a Álvaro Cunhal em Ervidel (16h00).
Por seu lado, em Castro Verde as comemorações da Revolução dos Cravos são um dos momentos altos da “Primavera no Campo Branco”.
Os festejos começam às 21h30 no cine-teatro municipal com a música dos Gaiteiros de Lisboa e o cante dos “Ganhões de Castro Verde”, seguida de uma arruada com a banda filarmónica da Sociedade 1º de Janeiro e do espectáculo de fogo-de-artifício no Largo da Feira.
O dia seguinte, 25 de Abril, arranca com o hastear da bandeira na Câmara Municipal (9h30), seguida da “Manhã da Liberdade” (com actividades para os mais novos) no Parque da Liberdade, arruadas pelas freguesias e uma tarde de música popular no anfiteatro municipal (16h00).
FInalmente, as “hostilidades” do “Abril em Odemira” arrancam esta quarta-feira, 24, pela mão do português Richie Campbell, que sobe ao palco montado no largo Brito Pais para apresentar as suas canções reggae e soul.
À meia-noite em ponto cumpre-se a tradição do hastear da bandeira no edifício dos Paços do Concelho, seguindo-se um espectáculo piromusical a partir da zona ribeirinha da vila e o concerto dos “históricos” Xutos & Pontapés.
Uma sessão solene da Assembleia Municipal no auditório da biblioteca local marcará a manhã de 25 de Abril (quinta-feira), sendo que durante a tarde o destaque vai para o Festival de Folclore no Cerro do Peguinho.
E a partir das 22h00 há mais música no largo Brito Pais com o espectáculo “Tributo de Ary a Zeca”, da responsabilidade do grupo Ensemble Project, que se inspirou nas obras do poeta e do “cantautor”, ambos já falecidos.
O programa do “Abril em Odemira” prossegue na sexta-feira, 26, às 21h00, com o espetáculo de teatro de rua “São Jorge e o Diabo”, no Jardim da Fonte Férrea, que conta com a participação de vários grupos artísticos do concelho e a população.
Depois, a partir das 22h30, o largo Brito Pais recebe o Festival de Bandas Locais, com as actuações de Fil Costa, Fax Rock, Step To Infinity, Contra-Mão, Since Today e Dirt to Death.
Paralelamente, durante os três dias da iniciativa “Abril em Odemira”, as principais ruas da vila “ganharão vida” ao fim da tarde, com a música dos grupos “Os Carambola” e “Tintus Brass Band” e as “partidas” do Palhaço Enano e dos homens-estátua.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima