Alentejo Litoral com quase 100ME para compensar fecho da central de Sines

Sines - Central EDP

O Governo vai disponibilizar 98,9 milhões de euros para mitigar os efeitos do encerramento da central termoelétrica de Sines na região do Litoral Alentejano, através do Fundo para a Transição Justa.

“O valor global [é de] quase 99 milhões de euros, dos quais 20 milhões serão afetos a políticas públicas” a implementar pela Comunidade Intermunicipal do Litoral Alentejano (CIMAL), explica o seu presidente, Vítor Proença.

Segundo o presidente da CIMAL, as restantes verbas “vai privilegiar várias áreas” como a “formação, mas também empresas de grande dimensão e PME”, ou seja, pequenas e médias empresas.

O montante global do Plano Territorial para a Transição Justa (PTTJ) destinado ao Litoral Alentejano foi transmitido pela ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, na segunda-feira, 14, durante uma reunião com os cinco autarcas da CIMAL.

Segundo Vítor Proença, houve “um acréscimo” da verba que será disponibilizada pelo PTTJ, que passou de “cerca de 74 milhões para 98,9 milhões” de euros, para a região do litoral alentejano.

Em comunicado, a CIMAL explica que o plano visa “mitigar” as “consequências negativas” da “transição para uma economia com impacto neutro no clima”.

Opinião

Carlos Pinto

16 de Fevereiro, 2024

Saber Andar à frente do tempo

Napoleão Mira

16 de Fevereiro, 2024

E Depois do Adeus…

Vitor Encarnação

2 de Fevereiro, 2024

Adeus

Carlos Pinto

2 de Fevereiro, 2024

Investimento essencial

Carlos Pinto

19 de Janeiro, 2024

Já vemos Luz ao fundo do túnel

Napoleão Mira

19 de Janeiro, 2024

Um Salazar Não Chega

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima