Aldeias de Odemira querem ser “maravilha”

Aldeias de Odemira

A iniciativa “Maravilhas de Portugal – Aldeias” vai entrar na fase de escolha das sete “aldeias maravilha” do país e no concelho de Odemira há duas localidades entre as 49 pré-finalistas.
Santa Clara-a-Velha é candidata na categoria “Aldeias Ribeirinhas” e Zambujeira do Mar na categoria de “Aldeias de Mar” (onde também estará a concurso Porto Covo, no concelho de Sines).
“Quando se chega a esta fase as expectativas são boas e altas. É evidente que apenas uma aldeia pode vencer em cada categoria e a nossa expectativa é que pela qualidade das nossas aldeias elas possam ficar bem classificadas”, admite ao “CA” Ricardo Cardoso, vice-presidente da Câmara de Odemira, entidade que candidatou as duas aldeias à iniciativa (juntamente com São Martinho das Amoreiras e Vale de Santiago, que acabaram por não ser incluídas pelo júri no lote de pré-finalistas).
O autarca socialista reconhece que “existem outras aldeias com muitas potencialidades a concurso”, mas ainda assim confia que no final da iniciativa o concelho poderá juntar às “praias maravilha” que já tem uma ou duas “aldeias maravilha.
“Estamos contentes por termos chegado aqui e com a expectativa alta de que todos aqueles que conhecem as nossas aldeias possam votar nestas, para que possam ser as aldeias vencedoras”, diz.
Mas mesmo que nem Santa Clara-a-Velha ou Zambujeira do Mar sejam as vencedoras nas respectivas categoria, o vice-presidente da Câmara de Odemira reconhece que o balanço da participação das duas localidades na iniciativa “Maravilhas de Portugal – Aldeias” já é bastante positivo, valendo, sobretudo, pela “promoção do concelho” e pelo “marketing territorial associado a estas aldeias e às suas envolventes”.
“Quando falamos da Zambujeira do Mar estamos a falar do litoral do concelho de Odemira e quando falamos em Santa Clara-a-Velha falamos do interior. Isso vai de encontro ao que tem sido o nosso trabalho de dar a conhecer o que de melhor temos no concelho. Não nos cingindo ao mais óbvio, que é o sol e mar, mas querendo mostrar que o concelho de Odemira é mais que isso: um concelho cheio de natureza e potencialidades e actividades para fazer”, afiança.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima