Alcácer do Sal promove arte sacra do concelho

Alcácer do Sal promove

Um passeio guiado por três igrejas de Alcácer do Sal este sábado, 27, é uma das actividades que a autarquia tem agendadas para este ano, como forma de promover as potencialidades turísticas do concelho.
Num percurso a pé pelas igrejas de Santiago, Santa Maria do Castelo e Santo Cristo dos Mártires, os participantes são convidados a olhar para aspectos artísticos menos evidentes, ao mesmo tempo que ficam a conhecer factos históricos e culturais sobre o património.
A responsável pela visita, Estela Cameirão, do Gabinete de Arquitectura e Património da Arquidiocese de Évora, indica à Agência Lusa que se irá “desvendar muita coisa que passa despercebida ao visitante mais distraído”, como a “simbologia” da arte presente nestes monumentos.
Na igreja de Santa Maria do Castelo, um edifício românico, construído entre os séculos XII e XIII, a arquitecta pretende revelar o significado dos entalhes nos altares, com representações de animais e vegetação, como pelicanos e folhas de parreira.
Esta actividade faz parte do programa turístico “Alcácer dos Cinco Sentidos”, que a Câmara Municipal de Alcácer do Sal tem em curso pelo terceiro ano consecutivo.
A iniciativa pretende incentivar os visitantes a conhecer os recursos naturais e culturais da região através dos cinco sentidos, organizando eventos ligados ao contacto com a natureza e à descoberta do património.
De acordo com o Município, desde o início do programa, em 2011, participaram cerca de 400 pessoas, com preferência para os passeios de canoa e de galeão (embarcação tradicional para transporte de sal).
Paralelamente ao programa turístico, é promovida uma mostra gastronómica, à qual aderiram, este ano, 17 restaurantes do concelho.
As ementas são temáticas, definidas pela altura do ano, estando disponíveis iguarias confeccionadas com os produtos da terra, pratos de peixe e marisco do rio e do mar, receitas com caça e “sabores com história”, uma novidade desta edição.
Salada de polvo com coentros, migas de couve com carne de alguidar, enguias gratinadas com migas de batata-doce e coentros, lebre com feijão branco, doce de abóbora ou choco frito, tradicional no distrito de Setúbal, são algumas das muitas propostas feitas aos visitantes.
O presidente da Câmara do Litoral Alentejano, Pedro Paredes, garante à Lusa que este programa “de charme” vai “perdurar”, pelo menos, enquanto liderar o executivo municipal.
“Ao contrário” de outros municípios, que, segundo indica, apostam na oferta de novas iniciativas, o autarca entende que não deve mudar a estratégia.
Pedro Paredes defende que, “ao fim de uns anos, os empresários, os visitantes e os promotores já sabem” no que consiste o “Alcácer dos Cinco Sentidos”.
“Com alguma persistência, o programa vai ganhando cada vez mais adeptos”, refere, evidenciando que, mesmo com a crise, as actividades têm registado uma “subida regular” do número de participantes.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima