AgdA elegeu novos órgãos sociais até 2023

Francisco Narciso foi reeleito, em Março, para o cargo de presidente do conselho de administração da empresa Águas Públicas do Alentejo (AgdA), com sede em Beja, para o mandato 2021-2023.

O novo conselho de administração da AgdA foi eleito em Assembleia Geral de accionistas e conta agora, além do presidente Francisco Narciso, com Simone Pio e João Maurício como vogais executivos, Maria de Fátima Coimbra e Álvaro Beijinha como vogais não executivos.

A mesa da Assembleia Geral é presidida por António Bota, presidente da Câmara de Almodôvar, enquanto a Comissão de Vencimentos tem como presidente Carla Correia.

Além dos novos órgãos sociais, aAssembleia Geral de accionistas da AgdA realizada em Março aprovou ainda, por unanimidade, o Relatório e Contas relativo ao exercício de 2020 e o Plano de Atividades e Orçamento de 2021 da empresa.

Segundo a AgdA, no exercício económico-financeiro de 2020 destaca-se o facto de se ter atingido “um investimento acumulado na ordem dos 150 milhões de euros”, a “celebração de um empréstimo junto do Banco Europeu de Investimentos no valor de 20 milhões de euros”, o “reforço de capital dos accionistas” e “um equilíbrio económico e financeiro”.

A empresa assinala ainda, em 2020, “o lançamento das duas empreitadas que permitem antecipar a conclusão de dois sistemas de abastecimento de água emblemáticos, como são o Guadiana Sul e Monte da Rocha, onde a escassez assume particular incidência, assim como a assinatura do contrato da empreitada relativa ao sistema de águas residuais da Comporta”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima