ADP Mértola celebra 40 anos de existência

A Associação de Defesa do Património do Mértola (ADPM) assinala nesta quarta-feira, 16, quatro décadas de existência, data que vai celebrar em formato online até domingo, 20, nas redes sociais, em particular no Facebook.
“A adopção do formato virtual prende-se com a situação pandémica, sendo que esta celebração será a oportunidade para revisitar alguns dos momentos mais emblemáticos da associação”, revela a ADPM em comunicado enviado ao “CA”
Segundo a associação, “por estes dias será ainda publicada uma edição da revista ‘Al-gazarra'”, em formato físico e digital, “em que se relembram muitos destes momentos e em que também será possível conhecer o testemunho de gente que colaborou com a ADPM e não só”.
Fundada em 1980, a ADPM é uma associação de desenvolvimento local, tendo ainda o estatuto de instituição de utilidade pública, de organização não-governamental para o desenvolvimento, de organização não-governamental do ambiente e de associação privada sem fins lucrativos e de solidariedade social.
Entre o muito trabalho realizado ao longo dos últimos 40 anos, a ADPM destaca a criação do Parque Natural do Vale do Guadiana, processo no qual “teve um processo determinante”, assim como a intervenção no ensino superior, nomeadamente com a coordenação do mestrado em Economia Regional e Desenvolvimento Local em Cabo Verde e dos primeiros doutoramentos em Turismo e Ciências Económicas e Empresariais e da formação em Desenvolvimento Local para professores na Universidade Pedagógica, em Moçambique.
As acções de cooperação que dinamiza há quase 20 anos em Monapo (Moçambique) e a coordenação do projecto LIFE Montado-Adapt são outros dos momentos altos destacados pela ADPM nos seus 40 anos de trabalho.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima