ACT detecta ilegalidades em Beja, Sines e Santiago

ACT detecta ilegalidades

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) detectou mais 13 trabalhadores em situação ilegal em nova inspecção a restaurantes de Beja, Sines e Santiago do Cacém.
Os inspectores do trabalho da Unidade Local do Litoral e Baixo Alentejo da ACT realizaram, nos dias 25 e 26 de Agosto, visitas a 10 restaurantes nestes três concelhos, visando a detecção e combate ao trabalho não declarado no sector.
Ao todo, foram identificados 36 trabalhadores, 13 dos quais estavam em situação de não declaração à Segurança Social, ou seja, “36,11% dos trabalhadores identificados”.
Esta situação levou a ACT de Beja a levantar 26 autos de notícia e apurar quase 6.500 euros de contribuição.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima