Acção Social é prioridade assumida em Castro Verde

A acção social é uma prioridade clara para a Câmara de Castro Verde, garante o presidente da autarquia, sublinhando que “a partir do início” do presente mandato a autarquia “passou a assumir e executar uma política de acção social a sério”.

“Isto não é mera retórica e traduz-se em medidas como ter mais técnicos no Gabinete de Acção Social, assumir atendimentos regulares nas sedes de freguesia, a criação do projecto ‘Castro Verde XXI’, que articula os sectores da Acção Social, Educação, Desporto e Biblioteca, a recente abertura da Loja Social e medidas como o Cartão Municipal do Bombeiro e a Cruz Vermelha”, observa António José Brito em declarações ao “CA”.

A par disto, continua o autarca, a Câmara de Castro Verde criou “o transporte para estudantes para a Funcheira” e foram revistos “os regulamentos das bolsas de estudo no ensino superior e do Cartão Social”.

“Em três anos, acho fracamente que temos muito trabalho feito e isso tem um objectivo concreto: valorizar as pessoas e as famílias que mais precisam, com uma sensibilidade social de grande alcance”, vinca António José Brito.

Nesse sentido, em 2020 a Câmara de Castro Verde concedeu mais de 34 mil euros em apoios sociais, através do Cartão Social Municipal e da atribuição de bolsas de estudo.

No âmbito do Cartão Social, revela, “foram concedidos apoios a 106 pessoas”, sobretudo para a aquisição de medicamentos, “com apoios que representam um total de 20.431,58 euros”.

A autarquia atribuiu igualmente um total de 15 bolsas de estudo a alunos residentes no concelho que frequentam o ensino superior em 2020-2021, num “valor global de 13.674,00 euros”. As bolsas são atribuídas “em dois escalões distintos (A e B)”, sendo que o pagamento é efectuado em duas tranches: a primeira “já liquidada” em Dezembro de 2020 e a segunda prevista para o próximo mês de Março.

“Em três anos, acho fracamente que temos muito trabalho feito e isso tem um objectivo concreto: valorizar as pessoas e as famílias que mais precisam, com uma sensibilidade social de grande alcance.”

António José Brito | presidente da Câmara de Castro Verde

Apoios reforçados

Seguindo esta linha de actuação na área da Acção Social, a Câmara de Castro Verde decidiu reforçar os apoios financeiros a diversas instituições locais em 2021, nomeadamente os Bombeiros Voluntários e o Núcleo da Cruz Vermelha Portuguesa.

“São apoios que julgamos essenciais e que se justificam por razões objectivas”, sublinha António José Brito.

No caso dos Bombeiros de Castro Verde, o aumento será de 8%, o que “se vai traduzir num apoio de 74.130 euros/ano, ou seja mais 5.490 euros do que no ano de 2020”. Por sua vez, o Núcleo de Castro Verde da Cruz Vermelha Portuguesa terá este ano “um apoio total de 17.393 euros, o que representa um acréscimo de 1.288 euros” face a 2020.

Também o Cofre Social dos Trabalhadores do Município de Castro Verde viu reforçado, em 2021, o apoio da autarquia em mais 8.000 euros, para um total anual de 31.940 euros.

“É preciso anotar que a Câmara de Castro Verde assumiu as competências na área da Educação e, com isso, cerca de 60 trabalhadores foram transferidos do Ministério da Educação para a Câmara Municipal e, potencialmente, passaram a tirar partido da acção do Cofre Social”, explica António José Brito.

Finalmente, a Câmara de Castro Verde atribuiu à Cercicoa um apoio extraordinário de 20 mil euros, no sentido de auxiliar a instituição na construção, neste momento em curso, de duas residências autónomas para pessoas com deficiência na Rua dos Malmequeres, em Castro Verde.

Além deste apoio, a autarquia “cedeu também o terreno para a construção das respectivas residências, que terão capacidade para um total de 10 pessoas com deficiência e incapacidade”.

“Globalmente são respostas sociais que nos parecem fundamentais, estando integradas numa linha de rumo coerente, concreta e com evidente sensibilidade na atenção prestada às organizações públicas e às pessoas”, conclui o presidente da Câmara de Castro Verde.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima