15 detidos por furto de azeitona em Aljustrel e Beja

A GNR deteve, durante o fim-de-semana, um total d 15 pessoas pela prática do crime de furto de azeitona nos concelhos de Aljustrel e de Beja, tendo recuperado cerca de 1.760 quilos deste fruto.

Em comunicado enviado ao “CA”, a GNR explica que no domingo, 8, foram detidos seis homens e três mulheres, “com idades compreendidas entre 21 e 44 anos”, por furto de azeitona no concelho de Aljustrel.

A detenção ocorreu no âmbito de uma ação de patrulhamento, tendo os militares da Guarda detetado “três suspeitos a realizar colheita e recolha de azeitona, sem que para tal se encontrassem autorizados pelo proprietário”.

No seguimento das diligências policiais, foram apreendidos 500 quilos de azeitona, 50 euros em numerário, duas viaturas e diverso material relacionado com a colheita e recolha de azeitona do solo.

A GNR acrescenta que os detidos foram constituídos arguidos e os comunicados ao Tribunal Judicial de Ourique-

Durante a ação “foram ainda constituídos arguidos dois homens, de 22 e 23 anos, por suspeita do crime de recetação”, anuncia a GNR.

Um dia antes, no sábado, 7, foram também detidos seis homens, com idades compreendidas entre os 16 e 42 anos, por furto de azeitona no concelho de Beja.

De acordo com a GNR, a detenção foi realizada após uma denúncia por furto de produtos agrícolas, tendo os militares da Guarda detetado os suspeitos no local “a realizar colheita e recolha de azeitona sem que para tal se encontrassem autorizados pelo proprietário”.

Além das detenções, a GNR apreendeu 1.260 quilos de azeitona, quatro máquinas manuais para apanha de azeitona no solo e duas viaturas.

Tal como na outra operação, os detidos foram constituídos arguidos e os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Beja.

No comunicado enviado a “CA”, a GNR relembra “que a colheita ou apanha de azeitona, ainda que esteja caída no chão, sem o consentimento do proprietário do olival poderá configurar crime contra o património”.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima