07h00 - quinta, 21/02/2019

EMAS Beja
melhora gestão de
águas residuais

EMAS Beja melhora gestão de águas residuais

Colocar a cidade de Beja "como uma referência" ao nível do tratamento de águas residuais urbanas é o grande objectivo da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja, que vai implementar em 2019 um plano operacional estratégico para alcançar "uma melhoria significativa" na gestão das redes de águas residuais do concelho.
Em declarações ao "CA" o administrador-executivo da EMAS explica que "o maior valor acrescentado para esta questão decorre da nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Beja", sendo que "o conhecimento e a experiência" da empresa na gestão deste tipo de infra-estruturas "permitiu diagnosticar as necessidades de intervenção mais urgentes a este nível".
Nesse sentido, revela Rui Marreiros, "será feita uma aposta em intervenções de manutenção preventiva e correctiva, que se espera que venham a traduzir-se numa diminuição do número de ocorrências relacionadas com as obstruções na rede de saneamento".
De momento a EMAS tem em curso um levantamento global e pormenorizado do cadastro, "numa rede que é composta por mais de 170 kms de extensão total, contabilizando um total de 4.623 caixas de visita", acrescenta o gestor da EMAS.
De acordo com Rui Marreiros, com esta estratégia e plano de actuação será "possível fechar o ciclo urbano da água, nas suas duas dimensões operacionais de 'alta' e 'baixa', mas também nas suas duas dimensões ambientais, captando água no meio hídrico com um menor índice de perdas, diminuindo a pressão da captação em ambiente de escassez, mas simultaneamente devolvendo a água residual tratada com uma qualidade compatível com o meio receptor, evitando impactos negativos nos estado das massas águas e nos eco-sistemas naturais associados".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 21/02/2019
PS de Beja elogia
passagem do Museu
Regional para a DRCA
A Concelhia de Beja do PS elogia a transferência do Museu Regional para a tutela da Direcção Regional de Cultura do Alentejo (DRCA), considerando que esta "potenciará Beja e o seu património junto de um público muito mais alargado".
07h00 - quinta, 21/02/2019
Dois linces-ibéricos
libertados no
concelho de Mértola
A Herdade da Bombeira, no concelho de Mértola, recebe nesta quinta-feira, 21, a libertação de mais dois linces-Ibéricos, um macho e uma fêmea com 11 meses de idade, oriundos do Centro Nacional de Reprodução em Cativeiro de Silves e do Centro La Granilla, em Espanha.
07h00 - quarta, 20/02/2019
Orquestra Clássica
nasce em Almodôvar
A manhã do passado sábado, 2 de Fevereiro, marcou o arranque do novo (e ambicioso) projecto da Almovimento-Associação Desportiva, Recreativa e Cultural de Almodôvar: a Orquestra Clássica.
07h00 - quarta, 20/02/2019
Prisão preventiva para autores
de furto detidos em Ferreira
O Tribunal de Ferreira do Alentejo aplicou nesta segunda-feira, 18, a medida de coacção de prisão preventiva para os dois homens, de 19 e 29 anos, detidos no fim-de-semana pela GNR em Ferreira do Alentejo pelo crime de furto.
07h00 - terça, 19/02/2019
Mina de Aljustrel reduz emissão de poeiras
A Almina, concessionária das minas de Aljustrel, conta ter concluídas até final deste ano de 2019 todas as intervenções programadas, no sentido de eliminar a emissão de poeiras para a malha urbana da vila.

Data: 08/02/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial