15h00 - quinta, 08/03/2018

A riqueza de Mértola


Carlos Pinto
O ministro da Cultura esteve nesta semana em Mértola e reconheceu aquilo que há muito é uma certeza: a vila tem todas as condições para ser Património Mundial da Humanidade. Porque seja pela beleza natural "espelhada" nas águas do Guadiana, seja pela riqueza do seu património histórico-arqueológico que nos chega desde o tempo dos romanos e dos árabes, é óbvio para todos que Mértola é uma das localidades mais belas do país e carrega em si um potencial de visitação turística imenso.
Não é, portanto, de estranhar que a autarquia local venha a trabalhar desde há anos numa candidatura para a classificação de Mértola como Património da Humanidade pela Unesco, estando a vila já inscrita na Lista Indicativa de Portugal à Unesco. O caminho a percorrer ainda é longo mas certamente valerá a pena, até porque que a classificação de uma localidade enquanto Património da Humanidade é muito mais que um selo que confere importância aos vestígios histórico-arquitectónicos que aí se encontram.
Ser classificado como Património da Humanidade permite também a estas cidades, vilas ou aldeias ganharem novas ferramentas para a preservação da sua memória colectiva e para a dinamização dos seus usos e costumes. E depois, como sempre, há o lado económico da questão, uma vez que esta distinção colocará Mértola no "roteiro" de todos os turistas do mundo, atraindo para as suas ruas milhares de visitantes. Veja-se os casos de Évora, de Elvas ou de Sintra, onde os turistas que por lá passam anualmente fazem mexer a economia local e permitem a criação de novas dinâmicas sociais.
É este o futuro que Mértola merece: um futuro onde história e desenvolvimento andem de "mãos dadas". O caminho a percorrer ainda é longo, mas será seguramente bem-sucedido.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 13/12/2018
Fórum de Natal
em Castro Verde
Venda de artesanato e produtos locais, uma feira do livro, música e actividades para os mais novos são os destaques do "Fórum de Natal", iniciativa que a Câmara de Castro Verde promove entre esta quinta-feira e domingo, 13 a 16 de Dezembro.
07h00 - quinta, 13/12/2018
Misericórdia de Messejana
avança com requalificação do lar
A Santa Casa da Misericórdia de Nossa Senhora da Assunção, de Messejana (concelho de Aljustrel), vai avançar com obras de requalificação e ampliação do seu lar de idosos.
07h00 - quinta, 13/12/2018
Serviço payshop
na Junta de Mértola
A Junta de Freguesia de Mértola e a Payshop/ CTT assinaram um protocolo para disponibilizar a todos os habitantes da freguesia um novo serviço que permite efectuar pagamentos de forma mais fácil.
07h00 - quarta, 12/12/2018
Quatro escolas região
na "Missão Continente"
Quatro escolas básicas do primeiro ciclo do distrito de Beja vão participar na terceira edição da iniciativa "Escola Missão Continente", que visa apoiar as escolas na sensibilização para uma alimentação saudável e um consumo consciente.
07h00 - quarta, 12/12/2018
"Padrinhos de Leitura" nas escolas de Aljustrel
As crianças do pré-escolar, infantários e primeiro ciclo do ensino básico do concelho de Aljustrel começam a receber nesta quarta-feira, 12 de Dezembro, livros para as suas salas de aulas oferecidos por empresas locais.

Data: 07/12/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial