11h45 - quinta, 16/03/2017

Trabalho e responsabilidade


Carlos Pinto
Foi a 24 de Março de 2006 que nasceu o "Correio Alentejo". Surgimos nas bancas com uma visão independente, moderna e culturalmente sólida da região. Com vontade de inovar e de fazer diferente. Ousámos no grafismo e em alguns dos temas abordados. Tentámos sempre explicar os factos com clareza e dar voz aos intervenientes envolvidos. E nunca nos coibimos de dar opinião ou de permitir que os argumentos de todos tivessem o seu espaço.
Desde então passaram-se 11 anos! Ao todo, 4.018 dias de muito trabalho e um total de 416 edições feitas com a vontade de sempre: levar aos nossos leitores um jornal cada vez melhor. É certo que nem tudo correu como planeámos, que houve muitos escolhos pelo caminho e que a crise que afectou Portugal não nos passou ao lado. Mas conseguimos resistir… Com a tenacidade da nossa equipa, o esforço dos nossos anunciantes e a dedicação impagável dos nossos leitores. A todos o nosso obrigado.
Mas volvidos 11 anos, o caminho a percorrer pelo "CA" continua a ser longo e exigente. Porque estamos no interior do país. Porque o tecido empresarial regional é débil. E porque fazer jornalismo nunca será fácil. Mas uma coisa é garantida: mantemos a mesma motivação e vontade que nos tem guiado desde a primeira edição. E o nosso compromisso – com os leitores e com a região – é o de continuar a fazer deste um jornal de referência. Com trabalho, responsabilidade e orgulho no que fazemos e no que somos.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
19h22 - domingo, 20/08/2017
FC Castrense entra a perder
no regresso aos nacionais
A equipa do FC Castrense entrou a perder no regresso ao Campeonato de Portugal/Prio, prova que arrancou na tarde deste domingo, 20 de Agosto.
00h00 - domingo, 20/08/2017
FC Castrense abre época
na casa do Moncarapachense
O FC Castrense regressa este domingo, 20, ao Campeonato de Portugal/Prio, jogando a partir das 17h00 na casa dos algarvios do Moncarapachense na jornada inaugural da Série E da prova.
00h00 - sábado, 19/08/2017
Amanto retirado
da escola da Salvada
A Câmara de Beja tem a decorrer obras de reabilitação na Escola Básica de Salvada, que incluem a remoção da actual estrutura de fibrocimento com amianto e a colocação de uma nova cobertura.
00h00 - sábado, 19/08/2017
Novos centros escolares
em São Teotónio e São Luís
A Câmara de Odemira já tem em marcha os projectos dos novos centros escolares de São Teotónio e de São Luís, obras que estão avaliados num montante total superior a 2,7 milhões de euros.
00h00 - sábado, 19/08/2017
Novos equipamentos para
trabalhadores da CM Serpa
A Câmara de Serpa entregou esta semana novos equipamentos de protecção individual (EPI) aos trabalhadores da sua Divisão de Obras Municipais e Ambiente (DOMA).

Data: 04/08/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial