07h00 - quarta, 05/12/2018

Câmara de Odemira com
orçamento de 33,1 milhões

Câmara de Odemira com orçamento de 33,1 milhões

A Câmara de Odemira vai contar em 2019 com um orçamento de 33,1 milhões de euros, cerca de mais 500 mil euros que o valor previsto no orçamento municipal do presente ano. O Orçamento e Grandes Opções do Plano da Câmara de Odemira foram aprovados, por maioria, no final de Novembro, na Assembleia Municipal.
De acordo com fonte municipal, em 2019 a autarquia "continuará a sua política de actuação centrada nas pessoas e no território, com um enfoque especial no estímulo ao empreendedorismo e criação de emprego, nas políticas sociais e culturais, participação cívica e qualificação do território".
Nesse sentido, continua a mesma fonte, são cinco as áreas prioritárias da Câmara de Odemira para "promover o desenvolvimento, o crescimento e a elevação da qualidade de vida": Desenvolvimento económico e emprego; Inclusão e solidariedade; Intervenção sociocultural, inovação e conhecimento; Participação cívica e gestão pública; e Planeamento, qualificação urbana e ambiental.
No próximo ano a Câmara de Odemira "continuará a promover um acréscimo de investimento no ordenamento, planeamento, proteção e valorização do território", incluindo a qualificação e regeneração urbana, a par de "um esforço considerável na manutenção e conservação de uma significativa parte da rede de acessibilidades municipais, com recurso a meios financeiros exclusivamente de origem municipal".
Em 2019 a autarquia irá também dar "continuidade à redução local de impostos, com o alívio da carga fiscal dos munícipes e empresas". A título de exemplo, nota fonte municipal, "os valores de cobrança de serviços de água, águas residuais e resíduos sólidos, mantêm-se iguais aos preços aplicados desde 2010".
O orçamento da Câmara de Odemira para 2019 prevê ainda uma "ampla participação em empresas intermunicipais, sociedades anónimas, instituições e associações que expressam a parceria do município em importantes áreas e projectos de interesse municipal, envolvendo elevados meios financeiros".
A Câmara de Odemira, acrescenta a mesma fonte, continuará também "a execução de investimentos municipais, condicionando a sua actuação ao equilíbrio financeiro permanente e às oportunidades proporcionadas pelo quadro comunitário (Portugal 2020), procurando maximizar o necessário investimento estruturante".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 26/05/2020
Alentejo 2020 tem a maior
taxa de compromisso nacional
O Alentejo 2020 fechou o ano de 2019 com uma taxa de execução financeira na ordem dos 27%, a maior entre todos os programas operacionais regionais de Portugal.
07h00 - terça, 26/05/2020
Freguesia de S. Luís
com falta de médicos
A Junta de Freguesia de São Luís, no concelho de Odemira, está indignada pela falta de profissionais de saúde na Extensão de Saúde local, sendo que de momento a freguesia não conta com médico, enfermeiros ou sequer serviços administrativos.
07h00 - segunda, 25/05/2020
Aljustrel retoma
mercados mensais
A Câmara de Aljustrel decidiu retomar a realização de mercados mensais no Parque de Feiras e Exposições da "vila mineira", ainda que mediante o cumprimento de novas regras devido à pandemia de Covid-19.
07h00 - segunda, 25/05/2020
Câmara de Almodôvar aprova
apoios às empresas do concelho
A Câmara de Almodôvar aprovou na passada semana, em reunião do executivo, um lote de candidaturas, no valor aproximado de 29591 euros, no âmbito do Programa de Apoio ao Tecido Empresarial (PATECA).
07h00 - segunda, 25/05/2020
Odemira recebeu
vigília pelas artes
A vila de Odemira foi um dos "palcos", na passada quinta-feira, 21, da vigília pelas artes e cultura em Portugal, numa iniciativa da qual acabou por nascer a Plataforma Cultura e Artes Odemira, que junta diversos artistas residentes no concelho.

Data: 15/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial