08h00 - segunda, 08/10/2018

PS celebrou um ano de
mandato em Castro Verde

PS celebrou um ano de mandato em Castro Verde

"Dias de muita exigência, de muito trabalho e complicados": é desta forma que o presidente da Câmara de Castro Verde retrata o seu primeiro ano de mandato, assinalado pelo PS no passado sábado, 6 de Outubro, com um jantar comemorativo da vitória histórica alcançada no concelho nas Autárquicas de 2017.
Perante cerca de duas centenas de pessoas que marcaram presença no jantar realizado na Escola Secundária de Castro Verde, António José Brito lembrou que ao longo do último ano o seu executivo foi confrontado "com um conjunto de situações" que teve "de resolver gradualmente".
"Desde logo a dificuldade que temos do ponto de vista financeiro. A Câmara de Castro Verde tem graves problemas financeiros e somos nós, Partido Socialista, que estamos a resolver o que a CDU deixou na Câmara Municipal. Uma herança pesada, difícil. Uma herança que nos obriga a trabalhar muito todos os dias", disse.
O autarca acusou igualmente a CDU de ser "uma oposição ressabiada" e que, passado um ano, "ainda não conseguiu compreender porque perdeu as eleições". "De facto, a CDU de Castro Verde é um partido ressabiado, com um problema mal resolvido e que acaba por cair no ridículo com algumas posições e posturas que vai assumindo", vincou António José Brito.
O autarca socialista assumiu igualmente o "compromisso total" da sua equipa com Castro Verde. "Estamos comprometidos com a nossa terra. Comprometidos no sentido de melhorar a qualidade de vida de cada um dos cidadãos do nosso concelho. Esta Câmara Municipal não se negará a esforço, trabalho e acção para resolver os problemas que existem no nosso concelho", garantiu António José Brito, que concluiu: "Somos Castro Verde e continuamos a ser futuro".
Presente no jantar esteve também a secretária-geral adjunta do PS, que lembrou o facto de na noite de 1 de Outubro de 2017 o partido ter alcançado a sua maior vitória autárquica de sempre. "E há duas vitórias que nessa noite marcaram verdadeiramente a nossa noite eleitoral: as vitórias de Castro Verde e de Almada", notou Ana Catarina Mendes.
Olhando para o futuro, a dirigente socialista exortou os presentes a retribuir António Costa com "as vitórias merecidas nas eleições Europeias e Legislativas". "Porque precisamos de continuar a ter um Governo liderado pelo PS e pelo António Costa", rematou.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 22/02/2019
"PSD tem que sair
da Praça da República"
O empresário Gonçalo Valente, 38 anos, é o novo presidente da Distrital de Beja do PSD e em entrevista ao "CA" revela as prioridades dos sociais-democratas da região para os próximos dois anos.
07h00 - sexta, 22/02/2019
Resialentejo recolhe
tampas de plástico
A empresa intermunicipal Resialentejo, que opera em oito concelhos do distrito de Beja, estabeleceu um protocolo com a "Coração Delta", do Grupo Nabeiro, para a dinamização do projecto "Dê Uma Tampa".
07h00 - sexta, 22/02/2019
Odemira eleita na Rede
das Cidades Educadoras
A Câmara de Odemira foi reeleita, pela terceira vez, para a comissão coordenadora da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadores, que é constituída por 74 municípios de Norte a Sul do país.
07h00 - quinta, 21/02/2019
EMAS Beja
melhora gestão de
águas residuais
Colocar a cidade de Beja "como uma referência" ao nível do tratamento de águas residuais urbanas é o grande objectivo da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja, que vai implementar em 2019 um plano operacional estratégico para alcançar "uma melhoria significativa" na gestão das redes de águas residuais do concelho.
07h00 - quinta, 21/02/2019
PS de Beja elogia
passagem do Museu
Regional para a DRCA
A Concelhia de Beja do PS elogia a transferência do Museu Regional para a tutela da Direcção Regional de Cultura do Alentejo (DRCA), considerando que esta "potenciará Beja e o seu património junto de um público muito mais alargado".

Data: 22/02/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial