07h00 - quarta, 11/10/2017

PS satisfeito com resultados
nas eleições Autárquicas 2017

PS satisfeito com resultados nas eleições Autárquicas 2017

A Federação do Baixo Alentejo (FBA) do PS ficou bastante satisfeita com o resultado obtido pelo partido no distrito de Beja nas eleições Autárquicas de 1 de Outubro, que terminou com a conquista de 10 das 14 câmaras da região, quatro das quais "roubadas" à CDU: Castro Verde, Beja, Moura e Barrancos.
"O PS conquistou mais votos, mais mandatos, mais câmaras e mais freguesias. O PS é hoje, no Baixo Alentejo e no país, o maior partido autárquico", exulta o presidente da FBA, Pedro do Carmo, em comunicado enviado ao "CA", destacando o facto de o PS na região dizer "presente" num contexto de afirmação do Poder Local, no qual "se vai concretizar a descentralização de competências e meios do Poder Central para o patamar de poder político democrático mais próximo dos cidadãos".
O dirigente socialista aprovieta a ocasião para saudar as vitórias do PS em Aljustrel, Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Ferreira do Alentejo, Mértola, Moura, Odemira e Ourique, assim como "os contributos cívicos" e "políticos" travados pelos candidatos do partido em Alvito, Cuba, Serpa e Vidigueira.
Quanto ao futuro, Pedro do Carmo assume ser necessário continuar a inverter os constrangimentos e as disponibilidades financeiras do país, fruto "dos passivos de inacção acumulados ao longo dos anos da governação PSD/CDS e de abandonos sucessivos ao longo dos anos".
O presidente da FBA diz ainda que "o PS trabalhará com todos, com sentido da realidade e das disponibilidades, tendo por único compromisso o Baixo Alentejo e os baixo-alentejanos", embora reconheça que "o actual quadro comunitário de apoios é o que foi herdado da direita, não permitindo ainda encontrar mais soluções para a região".
Ainda assim, Pedro do Carmo garante que os socialistas não irão ser "comprometidos com preconceitos ideológicos nem com a mera resignação de sublinhar os problemas, como acontece com outros".
"Os nossos únicos compromissos são com as pessoas e com as nossas terras. E com humildade democrática, determinação e sentido de construção de soluções realistas e sustentáveis para o futuro, continuaremos a dar voz ao Baixo Alentejo, a trabalhar em soluções de compromisso e a dar esperança a um futuro melhor para o nosso Mundo Rural", conclui.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 15/07/2018
CDU contra final
da feira RuralBeja
A CDU contesta a decisão da Câmara Municipal de Beja, liderada pelo socialista Paulo Arsénio, de não dar continuidade à feira RuralBeja, que decorria no mês de Outubro.
00h00 - domingo, 15/07/2018
"Heróis da Água" é
sucesso nas escolas
O projecto "Heróis da Água", promovido pela Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja, voltou a ter uma grande receptividade da comunidade escolar em 2017-2018, passando por cerca de 20 escolas do concelho de Beja.
01h00 - sábado, 14/07/2018
PCP questiona Governo
sobre Linha do Alentejo
O PCP quer saber por que razão o Governo decidiu avançar com os projectos técnicos para a electrificação da Linha do Alentejo apenas no troço entre Casa Branca e Beja, excluindo a restante ligação até à Funcheira e à Linha do Sul.
00h00 - sexta, 13/07/2018
Odemira aposta
"na diversidade
económica"
A uma semana do arranque da FACECO, o presidente da Câmara de Odemira, fala ao "CA" sobre os desafios que se colocam ao futuro do maior concelho do país e explica aquela que tem sido a estratégia seguida em termos de desenvolvimento económico.
07h00 - quinta, 12/07/2018
EDP reforça potência
na vila de Ourique
A empresa EDP tem em curso obras de reforço da potência eléctrica na vila de Ourique, problema cuja resolução é reinvindicada "há bastante tempo", revela o presidente da Câmara Municipal local.

Data: 13/07/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial