00h00 - sexta, 21/04/2017

PS de Castro
acusa CDU de
"incompetência"

PS de Castro acusa CDU de "incompetência"

O PS de Castro Verde acusa a CDU de "incompetência" e de ter uma acção de "verdadeiro desleixo" na gestão da Câmara Municipal local, ao não ter aproveitado os fundos comunitários para fazer as obras de reabilitação da Estrada Municipal 508 (entre Castro Verde e Santa Bárbara de Padrões) e do Caminho Municipal 1139 (entre Santa Bárbara de Padrões e A-do-Neves).
A intervenção, avaliada em quase 1,3 milhões euros, foi recentemente adjudicada e será a Câmara Municipal a suportar o seu custo na totalidade, o que o PS de Castro Verde critica.
Em comunicado os socialistas dizem apoiar a realização das obras, mas garantem que teriam "feito muito diferente" relativamente a uma intervenção prevista nas Grandes Opções do Plano da autarquia há já 15 anos.
"Não podemos deixar de denunciar a grande incompetência da gestão da CDU, que só agora avança com as empreitadas sem ter a possibilidade de obter apoio de fundos comunitários. Porquê? Porque desperdiçou esse apoio devido à sua grande incapacidade, não apresentando atempadamente qualquer candidatura. Agora, no actual quadro Portugal 2020, não há fundos comunitários para obras de requalificação de estradas", sustenta o PS.
"Que dizer desta gestão comunista que desperdiça fundos comunitários e, depois, para fazer as obras, contrai um empréstimo bancário de 900 mil euros, endividando a Câmara Municipal", dizem ainda os socialistas, argumentando que se a autarquia tivesse recorrido a fundos comunitários "teria um financiamento de 85% e, portanto, receberia cerca de 1,1 milhões de euros da União Europeia, ficando o investimento municipal na ordem dos 195 mil euros". "A incompetência e o desleixo da CDU estão à vista de todos", acrescentam.
Tudo isto leva o PS a desafiar o presidente da Câmara, Francisco Duarte, "a explicar publicamente porque, apesar de sempre ter anunciado e prometido estas intervenções, não requalificou as estradas quando podia recorrer a financiamento de fundos comunitários e, agora, aumentou a dívida da Câmara para fazer as obras".
"Será porque estamos em ano de eleições autárquicas?", questionam os socialistas, para logo concluir: "O PS e todos os castrenses exigem uma explicação para estes erros grosseiros de gestão e planeamento, de uma equipa da CDU que está completamente desgastada e que faz uma administração errada na Câmara Municipal, prejudicando o nosso concelho".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 19/11/2017
Bloco de Esquerda cria
Concelhia em Odemira
Reforçar a actividade do partido na Assembleia Municipal de Odemira e nas assembleias de freguesia do concelho é um dos grandes objectivos da nova Concelhia de Odemira do Bloco de Esquerda (BE).
00h00 - domingo, 19/11/2017
JS Beja reelegeu
Manuel C. Coelho
O jovem Manuel de Castro Coelho foi reeleito presidente da Concelhia de Beja da Juventude Socialista (JS) e traça como metas "fazer mais" por Beja e pelos jovens do concelho.
00h00 - sábado, 18/11/2017
PCP questionou
Ministério da Educação
O PCP critica o Governo por este não ter adiantado novidades sobre a requalificação das escolas secundárias de Castro Verde, Odemira e Serpa durante a discussão na especialidade do Orçamento de Estado 2018.
00h00 - sexta, 17/11/2017
Médicos veterinários
reúnem em Castro Verde
A vila de Castro Verde recebe entre esta sexta-feira e sábado, dias 17 e 18 de Novembro, a quinta edição das Jornadas Técnico-Veterinárias do Campo Branco.
00h00 - sexta, 17/11/2017
Câmara de Castro Verde
prepara orçamento para 2018
A Câmara de Castro Verde concluiu na noite de quarta-feira, 15 de Novembro, o ciclo de sessões pelo concelho para recolha contributos da população no âmbito da preparação das Grandes Opções do Plano (GOP) e Orçamento para 2018.

Data: 10/11/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial