10h24 - quinta, 26/09/2019

Sociedade higienizada


Carlos Pinto
Nos últimos dias o ser (ou não) politicamente correcto deu muito que falar, escrever e opinar, tendo como ponto de partida duas situações bem distintas: primeiro foi a decisão unilateral do reitor da Universidade de Coimbra de retirar a carne de vaca das ementas das respectivas cantinas a bem da camada do ozono; a segunda foi a brincadeira de Bernardo Silva com o seu colega de equipa no Manchester City, Benjamin Mendy, a quem o internacional português apelidou de "Conguito", para desespero dos defensores dos direitos raciais e das minorias.
Um e outro episódio ganharam uma proporção inaudita e certamente inesperada pelos seus "actores", sendo que ambas demonstram o quão perigosa se tornou esta sociedade global, onde impera o politicamente correcto e que está a caminho de uma "higienização" total (sabe-se lá bem para quê).
Caso contrário, como se justifica que o reitor de uma universidade centenária tome uma decisão sem a devida justificação científica ou orçamental? Ou como é possível que se acuse de racismo um jogador de futebol por uma mensagem a brincar com um colega, ainda mais sabendo que ambos são grandes amigos e que uma equipa de futebol é, precisamente, sinónimo de integração e igualdade, já que muitas vezes se juntam no plantel (e no 11) atletas europeus, africanos, sul-americanos e asiáticos?
Tudo isto demonstra a esquizofrenia em que caiu a sociedade nos dias que correm, onde todos têm opinião mas ninguém pode furar o protocolo cinzento e asséptico que alguns tentam impor a partir das torres de marfim das grandes cidades. Será mesmo isto que queremos para o futuro?



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
17h16 - domingo, 20/10/2019
Campo Arqueológico
de Mértola premiado
O Campo Arqueológico de Mértola (CAM) foi recentemente galardoado com o "IV Prémio Sísifo a la Investigación, Defensa y Difusión del Património Arqueológico" 2019, da Universidade de Córdova (Espanha).
07h00 - sexta, 18/10/2019
"Feira de Castro é uma bandeira do concelho"
O vice-presidente da Câmara de Castro Verde, David Marques, garante ao "CA" que valorização da Feira de Castro tem sido uma das apostas do actual executivo, considerando que o evento continua a ser um momento "de reencontro dos castrenses".
07h00 - sexta, 18/10/2019
Feira de Castro
espera milhares
de visitantes
A par do Natal, há outro marco incontornável no calendário anual dos castrenses (e de todas as gentes campaniças): a Feira de Castro! É por isso que ao terceiro fim-de-semana de Outubro as ruas da vila de Castro Verde se tornam num mar de gente, que desagua sempre no Largo da Feira, onde as barracas de roupa e calçado, os pregões dos vendedores e a tradição se juntam aos produtos da época, ao cheiro das farturas, à música dos carrosséis e às memórias de infância.
07h00 - sexta, 18/10/2019
Autarca de Ourique espera melhoria
dos serviços públicos na região
Com o novo Governo prestes a entrar em funções, o presidente da Câmara de Ourique espera que a próxima legislatura seja marcada por uma "melhoria da qualidade de vida dos ouriquenses e dos baixo-alentejanos".
07h00 - sexta, 18/10/2019
Exposição relembra
a "Beja Republicana"
A Câmara de Beja inaugura nesta sexta-feira, 18, pelas 18h30, no Centro UNESCO, a exposição "Beja Republicana", que tem coordenação científica do historiador Constantino Piçarra.

Data: 11/10/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial