16h48 - quinta, 25/07/2019

Um rio cheio de potencial!


Carlos Pinto
OGuadiana é um dos três maiores cursos de água que desaguam em Portugal, rasgando o território transtagano de norte para sul, desde a Extremadura espanhola até ao Algarve. São quilómetros e quilómetros de paisagens de uma beleza única e de suster a respiração, como o Alqueva, o Pulo do Lobo ou a vila de Mértola, porventura o mais belo dos "postais" que é possível tirar do rio: o castelo altaneiro a beijar o céu e deitado no casario branco, enquanto lá em baixo correm as águas plácidas do rio.
Todo este "quadro" possui, por si só, um potencial turístico-económico extraordinário do qual não se tem conseguido tirar o devido proveito, com prejuízos evidentes para todos os mertolenses.
Há anos (muitos mesmo) que se fala no desassoreamento do Guadiana até à "vila museu", o que permitiria que embarcações partissem de Vila Real de Santo António e atracassem em Mértola. Sobre esta questão tem havido muitas negociações, pressões, avanços, recuos, hesitações e ponderações. Tudo sem efeitos práticos. Até agora! Isto porque o anúncio feito recentemente pela ministra do Mar no Pomarão permite acalentar a esperança que, em 2021, o Guadiana vai ser finalmente navegável até Mértola.
Se assim for, será seguramente um momento marcante para este concelho e para esta região, que ganharão uma ainda maior atractividade turística.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
17h16 - domingo, 20/10/2019
Campo Arqueológico
de Mértola premiado
O Campo Arqueológico de Mértola (CAM) foi recentemente galardoado com o "IV Prémio Sísifo a la Investigación, Defensa y Difusión del Património Arqueológico" 2019, da Universidade de Córdova (Espanha).
07h00 - sexta, 18/10/2019
"Feira de Castro é uma bandeira do concelho"
O vice-presidente da Câmara de Castro Verde, David Marques, garante ao "CA" que valorização da Feira de Castro tem sido uma das apostas do actual executivo, considerando que o evento continua a ser um momento "de reencontro dos castrenses".
07h00 - sexta, 18/10/2019
Feira de Castro
espera milhares
de visitantes
A par do Natal, há outro marco incontornável no calendário anual dos castrenses (e de todas as gentes campaniças): a Feira de Castro! É por isso que ao terceiro fim-de-semana de Outubro as ruas da vila de Castro Verde se tornam num mar de gente, que desagua sempre no Largo da Feira, onde as barracas de roupa e calçado, os pregões dos vendedores e a tradição se juntam aos produtos da época, ao cheiro das farturas, à música dos carrosséis e às memórias de infância.
07h00 - sexta, 18/10/2019
Autarca de Ourique espera melhoria
dos serviços públicos na região
Com o novo Governo prestes a entrar em funções, o presidente da Câmara de Ourique espera que a próxima legislatura seja marcada por uma "melhoria da qualidade de vida dos ouriquenses e dos baixo-alentejanos".
07h00 - sexta, 18/10/2019
Exposição relembra
a "Beja Republicana"
A Câmara de Beja inaugura nesta sexta-feira, 18, pelas 18h30, no Centro UNESCO, a exposição "Beja Republicana", que tem coordenação científica do historiador Constantino Piçarra.

Data: 11/10/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial