12h23 - quinta, 16/05/2019

Campanha para quê?


Carlos Pinto
A 26 de Maio vamos escolher os nossos representantes em Bruxelas, votando naqueles que nos próximos cinco anos defenderão os interesses de Portugal no Parlamento Europeu. O que, contrariamente ao que parece em primeira instância, não é coisa de somenos importância! Afinal de contas, é da União Europeia que recebemos milhões de euros para novas infra-estruturas e programas de intervenção territorial, além de ser de lá que saem as principais normas e medidas que vão ditar a nossa actuação no dia-a-dia.
Por tudo isto, esperava-se que esta fosse uma campanha esclarecedora, com partidos e candidatos apostados em mostrar aos eleitores as ideias e propostas que levam para Bruxelas. Uma campanha onde se debatessem os principais problemas e desafios da União, do "brexit" à crise dos refugiados, não esquecendo a política monetária comum ou a federalização da Europa. Infelizmente, esta campanha tem sido precisamente o oposto. Quase ninguém fala da Europa e dos desafios que esta tem pela frente, optando por centrar os seus discursos e soundbytes excessiva (e quase unicamente) em matérias de politiquice nacional. Ou seja, esquece-se o essencial em detrimento do acessório. Sobretudo por parte dos partidos mais à direita, PSD e CDS, apostados em fazer desta eleição um referendo ao Governo (o que só deveria suceder em Setembro ou Outubro, com as legislativas).
A campanha vai a meio e os candidatos ainda vão a tempo de inflectir o seu percurso e os seus discursos. Que se fale de Europa nos próximos dias, para que estas eleições não sejam um fiasco em termos de participação. E, acima de tudo, para que 26 de Maio seja um dia em que Portugal dá um verdadeiro sinal do que pretende da União Europeia.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 27/05/2020
Câmara de Beja assegura
transporte de alunos das freguesias
A Câmara de Beja vai garantir o transporte gratuito dos alunos dos 11º e 12º anos das freguesias rurais onde habitam até à cidade (e vice-versa), para que possam assistir às aulas presenciais até final do presente ano lectivo.
07h00 - quarta, 27/05/2020
Homem mata
colega de casa com
faca em Beja
A PSP de Beja deteve nesta terça-feira, 26, um homem, de 59 anos, pela suspeita da prática do crime de homicídio de um outro homem, de 63 anos, com quem vivia numa habitação na cidade.
07h00 - quarta, 27/05/2020
PCP e BE pedem
audições sobre
fábrica das Fortes
Os grupos parlamentares do PCP e do Bloco do Esquerda (BE) apresentaram na Assembleia da República pedidos de audição parlamentar sobre a poluição que afecta a aldeia de Fortes, no concelho de Ferreira do Alentejo, devido à fábrica de bagaço de azeitona da AZPO.
07h00 - terça, 26/05/2020
InCastro apoia
empresas de Castro
A Câmara de Castro Verde tem vindo a desenvolver um plano de apoio à concretização dos incentivos disponibilizados pelo Governo português às empresas no âmbito da Covid-19, através dos serviços do InCastro.
07h00 - terça, 26/05/2020
Alentejo 2020 tem a maior
taxa de compromisso nacional
O Alentejo 2020 fechou o ano de 2019 com uma taxa de execução financeira na ordem dos 27%, a maior entre todos os programas operacionais regionais de Portugal.

Data: 15/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial