12h44 - quinta, 17/05/2018

Falta de memória!


Carlos Pinto
A falta de memória é uma das imperfeições do ser humano. Não a falta de memória natural, causada pela idade ou pela doença, mas sim aqueles episódios de ausência repentina de lembrança sobre actos e decisões cometidas por nós ou pelos outros, tanto no plano individual como no plano colectivo. E esta última é, invariavelmente, selectiva, parcial e, bastas vezes, injusta e incorrecta.
Veja-se o caso do desporto, onde atletas ou treinadores passam de heróis a vilões num ápice. O mesmo sucede com as artes, onde as figuras idolatradas no dia hoje são votadas ao esquecimento e desprezo logo na manhã seguinte. Ou no associativismo… Ou na vida empresarial… Ou, claro, na política!
Vem isto a propósito das recentes afirmações proferidas pelo líder do PSD durante os dois dias que passou em Beja, no âmbito das comemorações do 44º aniversário do partido. Rui Rio falou muito de acessibilidades e de outros constrangimentos que afectam a região, quase sempre criticando que nada se tenha feito para os debelar até ao momento. As suas palavras são legítimas e ajustadas. E certamente que, vindo Rio "de fora" de Lisboa, foram ditas com convicção.
Mas o que Rui Rio não pode olvidar são as causas destes problemas. E nesta matéria todos têm responsabilidades… incluindo o PSD! Porque quando se reclama pela conclusão da A26, é bom ter presente que foi o Governo PSD/ CDS quem suspendeu as obras. Ou quando se fala da falta de estratégia no aeroporto de Beja convém recordar que esta infra-estrutura foi inaugurada em Abril de 2011 e que nos quatro anos seguintes (2011 a 2015, em que no Governo esteve a coligação à direita) nunca houve, sequer, uma ténue tentativa de definir as bases da mesma.
É óbvio que Rui Rio não tem culpas no cartório em nenhuma destas questões. Mas a ausência de memória demonstrada não o ajudará a fazer diferente.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 24/06/2018
Festival B chega
ao fim em Beja
Termina neste domingo, 24 de Junho, em Beja, a primeira edição do Festival B, uma iniciativa da Câmara de Beja que concilia o cante alentejano com o fado e os petiscos tradicionais.
00h00 - domingo, 24/06/2018
Exposição de pintura
na Biblioteca de Aljustrel
A Biblioteca Municipal de Aljustrel tem patente até ao próximo dia 14 de Julho a exposição de pintura em acrílico "Alegrar a vida", da autoria de Isabel Lobinho.
00h00 - domingo, 24/06/2018
PCP defende mais
investimento na ferrovia
A Direcção da Organização Regional de Beja (DORBE) do PCP veio a público exigir investimentos na rede ferroviária da região e uma política de mobilidade que "assegure desenvolvimento" do distrito.
00h00 - sábado, 23/06/2018
Fado, morna e cante
na cidade de Beja
O fado, a morna cabo-verdiana e o cante alentejano vão ser a "banda sonora" de Beja neste sábado, 23, segundo dia da primeira edição do Festival B, promovido pela autarquia local.
00h00 - sábado, 23/06/2018
Festival aquático nas
piscinas de Aljustrel
Com o Verão a começar, as piscinas municipais recebem neste sábado, 23 de Junho, um festival aquático com muita música, jogos aquáticos e actividades infantis.

Data: 15/06/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial