17h20 - quinta, 14/09/2017

Futebol em dia de eleições?


Carlos Pinto
Em Portugal mandava a tradição (apenas e só) que o dia de eleições – Legislativas, Autárquicas, Europeias ou Presidenciais – estivesse reservado exclusivamente para esse efeito. Assim foi até 2015, ano em que o dia das Legislativas foi igualmente dia de futebol. E em 2017 vai repetir-se o cenário a 1 de Outubro: em dia de Autárquicas teremos, entre outros jogos, um clássico entre Sporting e FC Porto e uma deslocação do Benfica à Madeira.
A agenda da oitava jornada da Liga Portuguesa foi revelada no final da passada semana e logo algumas vozes se levantaram contra o facto de haver futebol em dia de eleições. A Comissão Nacional de Eleições (CNE) emitiu um comunicado onde afirmou ser "desaconselhável a realização de eventos desta natureza que, em abstracto, potenciam a abstenção de um número que pode ser significativo de eleitores". Foram publicados artigos de opinião e editoriais a considerar, entre outras coisas, que "os portugueses não mereciam que o futebol tivesse entrado a pés juntos sobre a democracia" [David Diniz no "Público"]. Mas também houve quem afirmasse precisamente o contrário e argumentasse que futebol e eleições não são incompatíveis.
Tudo isto nos conduz à questão: teremos, afinal, em Portugal uma democracia suficientemente amadurecida, que permite que o simples facto de haver um jogo de futebol no dia em que se vota não coloque em causa o actual regime político? Parece-nos bem que sim. Porque votar é um acto de consciência e cidadania compatível com outras actividades. Basta atentar no que acontece em países como Inglaterra, Holanda ou EUA, onde se vota em dias de trabalho. É por isso que ter eleições e futebol no mesmo dia não pode ser um drama, mas sim uma oportunidade para mostrar que queremos a Democracia.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 23/10/2018
Deputado do PS elogia medidas do OE 2019 para o interior
O deputado do PS eleito por Beja considera que a proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2019 "sinaliza a valorização do Interior" por parte do Governo, seja com benefícios para as empresas ou com o aumento das transferências para as câmaras municipais e juntas de freguesia.
07h00 - terça, 23/10/2018
Detidos em Ferreira
por furto de alumínio
A GNR de Ferreira do Alentejo devete no passado domingo, 21 de Outubro, dois homens, um de 33 anos e outro de 47, por suspeitas da prática do crime de furto de material em alumínio.
07h00 - terça, 23/10/2018
Atletas de Castro
vencem no jiujitsu
A Associação de Jiujitsu Brasileiro de Castro Verde esteve em bom plano na edição de 2018 da Copa Buffalo, que decorreu no último domingo, 21 de Outubro, na cidade de Mafra.
07h00 - terça, 23/10/2018
GNR apreende material
contrafeito na Feira de Castro
A GNR de Almodôvar apreendeu no passado sábado, 20 de Outubro, um total de 794 artigos contrafeitos na Feira de Castro, tendo identificado cinco pessoas com idades entre os 23 e os 59 anos.
07h00 - segunda, 22/10/2018
BE que mais investimento
na Saúde para o interior
A líder do Bloco de Esquerda (BE) esteve neste domingo, 21 de Outubro, em Castro Verde, onde defendeu, no âmbito do Orçamento do Estado para 2019, um maior investimento no interior do país, sobretudo na área da Saúde.

Data: 12/10/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial