10h55 - quinta, 25/05/2017

Senadores da desgraça


Carlos Pinto
Os últimos tempos têm sido bastante agradáveis para os portugueses. Da conquista do Euro 2016 à vitória no Festival da Eurovisão, do reconhecimento de Portugal como local perfeito para a instalação de empresas de base tecnológica ao crescimento do número de turistas a visitar o país, tudo serviu para afagar o nosso orgulho nacional. E depois, ainda mais importante, há os números da economia: o défice está baixo como nunca, nos primeiros três meses de 2017 o PIB cresceu incrivelmente e até a Comissão Europeia recomendou aos Estados-membro tirar Portugal do procedimento por défice excessivo.
Os portugueses estão, de facto, de parabéns por aquilo que têm conseguido. Mas mesmo assim, continuamos a ter de levar diariamente nas televisões, rádios e jornais com alguns "senadores da desgraça", que não escondem o terrível incómodo que sentem diante do caminho que o país tem vindo a trilhar nos últimos meses. O melhor exemplo chegou esta semana, numa entrevista publicada no "Jornal de Negócios" e transmitida pela rádio Antena 1: João Salgueiro, antigo presidente da Associação Portuguesa de Bancos e ministro do PSD, considerou que o crescimento do PIB no primeiro trimestre de 2017 foi fruto do acaso, talvez obra e graça do Espírito Santo.
"Não se fez nada para isso", disse simplesmente, ignorando por completo o esforço que milhares de portugueses (talvez ele não) tiveram de fazer diariamente para enfrentar as restrições a que foram sujeitos. "Aconteceu", acrescentou ainda, desvalorizando incompreensivelmente o arrojo de homens e mulheres que, enfrentando ventos e marés e contrariando apelos à emigração, investiram, empreenderam e criaram riqueza. Já na época dos Descobrimentos muitos foram os "velhos do Restelo" que os portugueses tiveram de ouvir e ignorar. Que se continue a fazer... mesmo em pleno século XXI.



COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 21/02/2018
Museu de Mértola
com mais visitantes
O Museu Municipal de Mértola registou em 2017 um total de 46426 entradas, mais 8071 entradas que no ano anterior, alcançando desse modo o maior número de visitantes de sempre na sua história.
07h00 - quarta, 21/02/2018
Deputado do PS elogia
doutoramentos em politécnicos
O deputado do PS eleito por Beja, Pedro do Carmo elogia a recente decisão do Governo de possibilitar a realização de cursos de doutoramento em institutos politécnicos, como é o caso do de Beja.
07h00 - quarta, 21/02/2018
Novo acesso ao Centro
Escolar 2 de Castro
Já está concluída a construção do novo acesso pedonal ao Centro Escolar 2 de Castro Verde, obra promovida pela Câmara Municipal local e concretizada pela empresa JASFEC.
09h45 - terça, 20/02/2018
Água: Investimento de 7,4 milhões no concelho de Beja
Estão a decorrer no concelho de Beja duas obras para melhorar o abastecimento público de água, num investimento total avaliado em 7,4 milhões de euros.
07h00 - terça, 20/02/2018
Governo aprova novas
medidas contra seca
O Ministério da Agricultura decidiu não penalizar, no âmbito das candidaturas ao Pedido Único 2018, os agricultores que na campanha de 2018 não tenham cumprido integralmente as regras de condicionalidade relativas à norma da cobertura da parcela durante o período Outono-Invernal devidi à seca.

Data: 09/02/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial