09h38 - quinta, 16/02/2017

As estradas. Novamente!


Carlos Pinto
As estradas que rasgam as planícies do Baixo Alentejo continuam a dar que falar. Pelos piores motivos. Na última edição do "CA" demos-lhe conta dos problemas que envolvem o nó mais a Norte do IP2 na zona de Entradas (Castro Verde), cuja nova configuração (concretizada já esta semana) é criticado por todos os agentes locais sem que a Infra-estruturas de Portugal pareça mostrar incómodo. Mas mais casos surgiram recentemente: na EN2 abriu-se uma cratera no piso entre Aljustrel e a aldeia do Carregueiro, situação que chegou mesmo a impedir a circulação automóvel entre a vila mineira e Castro Verde em bastantes momentos; e no IP8 o intenso tráfego automóvel coloca em causa a segurança rodoviária na vila de Beringel.
Os casos de Beringel, Aljustrel ou Entradas são apenas os mais recentes. E não é preciso recuar muito no tempo para lembrarmos as notícias que davam conta do mau estado das estradas nacionais 123 e 389, que ligam Ourique a Colos, passando por Garvão. Ou da EN 120, entre Odemira e São Luís. Ou da EN 266, de Luzianes-Gare para Sabóia. Ou da EN 258, sobretudo nos quilómetros finais antes de chegarmos a Barrancos. E há mais, muitas mais…
Tudo isto ilustra na perfeição o quadro de degradação a que chegaram grande parte das estradas nacionais que servem a região. E se são estradas de cariz nacional, é preciso que de uma vez por todas a empresa gestora da rede rodoviária nacional, a Infra-estruturas de Portugal, coloque no terreno um plano de renovação destas vias. Porque o Baixo Alentejo também faz parte do país. E porque sem estradas em condições continuaremos sempre na cauda do desenvolvimento.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 20/04/2018
"Fixação de pessoas é o maior desafio de Almodôvar"
O presidente da Câmara de Almodôvar, falou ao "CA" sobre os desafios que se colocam ao concelho, assim como sobre as inúmeras obras que a autarquia tem em desenvolvimento ou pretende concretizar.
07h00 - sexta, 20/04/2018
Vila Galé investe
no concelho de Beja
Tal como o "CA" revelou em Dezembro de 2017, o Grupo Vila Galé prepara-se para refortçar o seu investimento no concelho de Beja, onde já tem o Clube de Campo, perto de Albernoa.
07h00 - sexta, 20/04/2018
Quinzena de artes
em Castro Verde
Da música acústica ao rock mais "eléctrico", do cante alentejano às palavras de Abril, dos livros aos produtos da terra, do teatro para bebés aos espectáculos de revista, são muitos os pontos de interesse de mais uma edição da "Primavera no Campo Branco", quinzena cultural que a Câmara de Castro Verde promove entre esta sexta-feira, 20 de Abril, e o dia da Mãe, a 6 de Maio.
07h00 - sexta, 20/04/2018
Quinzena cultural reduziu orçamento
Depois de nos últimos quatros anos ter tido uma duração mais prolongada no tempo, a "Primavera no Campo Branco" regressa em 2018 ao formato de quinzena.
07h00 - sexta, 20/04/2018
Vila de Almodôvar
"volta" à Idade Média
Almodôvar "viaja" neste fim-de-semana até 1285, ano em que Dom Dinis concedeu a Carta de Foral à localidade, com o centro histórico da vila a receber bailes e folias, bobos e jograis, damas e cavaleiros, numa organização da Câmara Municipal local.

Data: 20/04/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial