11h25 - quinta, 17/11/2016

Uma obra indispensável


Carlos Pinto
Durante a recente Conferência Mundial do Clima, realizada na cidade marroquina de Marraquexe, ficámos a saber que 15 dos anos mais quentes do último século foram registados… a partir de 2000. A estatística não desmente e a realidade está à vista: o tempo mudou e as alterações climáticas são um problema de todos. E aqueles que, como nós, vivem no Baixo Alentejo sabem bem do que falam sobre esta matéria, sobretudo porque a precipitação na região nos últimos dois anos tem sido quase zero!
De acordo com muitos especialistas no tema, os períodos de seca no Baixo Alentejo vão ser cada mais frequentes e urge, nesse sentido, encontrar as melhores soluções para evitar males maiores. Foi o aconteceu há duas décadas, com o início das obras do Alqueva, que permitiu a chegada de água em quantidade e a tempo e horas a várias albufeiras da região, assim como a milhares de hectares de terra que hoje são altamente produtivos.
Mas este trabalho ainda não está concluído. É certo que expansão do projecto do Alqueva é uma certeza para os próximos anos, mas continua sem incluir nos seus projectos qualquer ligação da grande barragem à zona mais a sul do Alentejo, nomeadamente ao Monte da Rocha. O que é incompreensível! Situada no concelho de Ourique e servindo para o abastecimento de mais quatro municípios e cerca de 6.000 hectares de regadio, não se justifica que esta albufeira continue a ficar de fora deste projecto. Ainda para mais quando a barragem do Roxo, onde a água do Alqueva chegou em 2009, está bem próxima! Urge portanto que esta ligação seja avaliada com seriedade por quem de direito e que possa vir a ser incluída no plano de expansão do Alqueva. Caso contrário, e continuando o tempo como agora, esta zona pode vir a tornar-se num verdadeiro deserto.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 28/06/2017
ACOS apoia agricultores afectados
pelo incêndio de Pedrógão Grande
A ACOS–Agricultores do Sul iniciou esta terça-feira, 27, junto dos seus associados, uma campanha solidária com os agricultores da região Centro, cujas explorações foram devastadas pelos incêndios de Pedrógão Grande e Góis.
07h00 - quarta, 28/06/2017
Cadáver encontrado
junto ao cais de Mértola
O cadáver de um homem com cerca de 40 anos foi encontrado esta terça-feira, 27 de Junho, por populares na margem do rio Guadiana, junto ao cais da vila de Mértola.
07h00 - quarta, 28/06/2017
Paulo Conde candidato
da CDU em Ferreira
O funcionário público Paulo Conde, de 47 anos, vai ser o candidato da CDU à presidência da Câmara de Ferreira do Alentejo nas eleições Autárquicas agendadas para 1 de Outubro.
07h00 - terça, 27/06/2017
Três títulos de ciclismo
para a equipa da Casa
do Benfica de Almodôvar
A equipa de ciclismo Master da Casa do Benfica em Almodôvar garantiu no passado fim-de-semana, 24 e 25 de Junho, três títulos de campeão nacional e viu ainda dois atletas sagrarem-se vice-campeões nacionais.
07h00 - terça, 27/06/2017
Recuperação ambiental
na Mina de S. Domingos
Já estão a decorrer os trabalhos da primeira fase do projecto de recuperação ambiental da Mina de São Domingos, no concelho de Mértola, investimento avaliado em de 3,8 milhões de euros que deverá estar concluído em Agosto do próximo ano.

Data: 23/06/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial