11h25 - quinta, 17/11/2016

Uma obra indispensável


Carlos Pinto
Durante a recente Conferência Mundial do Clima, realizada na cidade marroquina de Marraquexe, ficámos a saber que 15 dos anos mais quentes do último século foram registados… a partir de 2000. A estatística não desmente e a realidade está à vista: o tempo mudou e as alterações climáticas são um problema de todos. E aqueles que, como nós, vivem no Baixo Alentejo sabem bem do que falam sobre esta matéria, sobretudo porque a precipitação na região nos últimos dois anos tem sido quase zero!
De acordo com muitos especialistas no tema, os períodos de seca no Baixo Alentejo vão ser cada mais frequentes e urge, nesse sentido, encontrar as melhores soluções para evitar males maiores. Foi o aconteceu há duas décadas, com o início das obras do Alqueva, que permitiu a chegada de água em quantidade e a tempo e horas a várias albufeiras da região, assim como a milhares de hectares de terra que hoje são altamente produtivos.
Mas este trabalho ainda não está concluído. É certo que expansão do projecto do Alqueva é uma certeza para os próximos anos, mas continua sem incluir nos seus projectos qualquer ligação da grande barragem à zona mais a sul do Alentejo, nomeadamente ao Monte da Rocha. O que é incompreensível! Situada no concelho de Ourique e servindo para o abastecimento de mais quatro municípios e cerca de 6.000 hectares de regadio, não se justifica que esta albufeira continue a ficar de fora deste projecto. Ainda para mais quando a barragem do Roxo, onde a água do Alqueva chegou em 2009, está bem próxima! Urge portanto que esta ligação seja avaliada com seriedade por quem de direito e que possa vir a ser incluída no plano de expansão do Alqueva. Caso contrário, e continuando o tempo como agora, esta zona pode vir a tornar-se num verdadeiro deserto.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 18/08/2017
Adega da Vidigueira
inaugura nova obra
A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACV) inaugura esta sexta-feira, 18, a obra do seu novo Centro de Análise e Pesagem (CAP), estrutura que já servirá para a recepção de uvas na vindima deste ano.
00h00 - sexta, 18/08/2017
Risco de incêndio elevado no distrito de Beja
O Governo declarou nesta quinta-feira, 17, o estado de calamidade pública em algumas zonas do território nacional, entre as quais diversos concelhos do distrito de Beja.
00h00 - sexta, 18/08/2017
Serviços de saúde nas praias
de Milfontes e Zambujeira
A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) tem a funcionar, até final deste mês de Agosto, dois postos de saúde nas praias de Vila Nova de Milfontes e Zambujeira do Mar, ambas no concelho de Odemira.
00h00 - sexta, 18/08/2017
"Noite Branca" nas
piscinas de Aljustrel
Como já é tradição no Verão, as piscinas municipais de Aljustrel recebem nesta noite de sexta-feira, 18, mais uma edição da "Noite Branca", festa organizada pela autarquia local.
07h00 - quinta, 17/08/2017
Seca: Peixes retirados do Monte da Rocha
O Governo decidiu retirar os peixes que se encontram na albufeira do Monte da Rocha (Ourique) e de mais três barragens do Alentejo devido à situação de seca que afecta a região.

Data: 04/08/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial