14h47 - sexta, 18/12/2015

Fazer o Natal no comércio local


Carlos Pinto
O Natal está à porta e com ele a época mais consumista do ano. Para o bem e para o mal! O que é certo é que, contrariamente a um passado mais recente do que parece, os devaneios típicos desta quadra estão hoje longe de ser a "tábua de salvação" para muito dos comerciantes que sobrevivem de portas abertas neste prolongado tempo de crise, em que depois de pagarmos as contas do mês pouco mais sobra na carteira. E não bastasse a austeridade, o comércio local enfrenta ainda mais dois outros "inimigos": os grandes centros comerciais e as cada vez mais práticas lojas online.
É perante este quadro que, ao longo dos últimos anos, muitos municípios (no distrito de Beja inclusive) têm vindo a dinamizar acções de promoção do comércio tradicional local nesta altura do ano, organizando alguns eventos de animação e incentivando compras localmente através da atribuição de diversos prémios. Desconhecemos em rigor o alcance (e o sucesso) destas medidas, mas não deixam de ser um princípio.
Contudo, parece ser evidente que é preciso ir mais além para que o comércio local possa vencer esta batalha desigual e, deste modo, ganhar outro peso enquanto alavanca real da economia nos nossos territórios. E isso só sucederá mediante um trabalho conjunto e efectivo entre comerciantes e restantes actores com capacidade de intervenção local (câmaras e associações comerciais, nomeadamente), adaptando a oferta às necessidades de quem compra. Seja alterando os horários de funcionamento nesta época, garantindo animação aos fins-de-semana ou lançando campanhas de fidelização à imagem do que já fazem as grandes lojas.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 21/07/2017
Crianças acampam
no Politécnico de Beja
Crianças dos oito aos 10 anos participam esta sexta-feira e sábado, dias 21 e 22, na iniciativa "Acampar com Histórias/Noites Happy Readers", no Politécnico de Beja (IPBeja).
00h00 - sexta, 21/07/2017
PSD: Guido Pires
desiste na Vidigueira
"Motivos de ordem pessoal e familiar": foram estas as razões invocadas pelo médico Guido Pires, 64 anos, para desistir da candidatura pelo PSD à Câmara da Vidigueira nas Autárquicas 2017.
00h00 - sexta, 21/07/2017
Porco alentejano vai chegar ao mercado chinês
De Ourique a Pequim vai meio mundo de distância, mas as duas localidades estão agora bem mais "próximas" após o acordo recentemente estabelecido entre os governos de Portugal e da China.
00h00 - sexta, 21/07/2017
Concelho de Odemira
em festa na FACECO
A grande feira do Litoral Alentejano está à porta! Entre esta sexta-feira e domingo, dias 21 a 23 de Julho, a Feira das Actividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira (FACECO) será o "porto de chegada" de milhares de pessoas que, em São Teotónio, não vão perder o melhor do concelho de Odemira, desde a gastronomia ao artesanato, a força dos sectores agro-pecuário e do turismo, as tradições do cante alentejano e os concertos musicais.
00h00 - sexta, 21/07/2017
Presidente da CM Odemira:
"FACECO é local de negócios"
No dia em que começa mais uma edição da FACECO, o presidente da Câmara Municipal de Odemira, José Alberto Guerreiro, revela ao "CA" a mais-valia de um evento que recebe, todos os anos, milhares de visitantes.

Data: 21/07/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial