11h26 - quinta, 10/09/2015

O que queremos ouvir na campanha?


Carlos Pinto
Está à porta mais uma campanha eleitoral. Até dia 4 de Outubro, candidatos e apoiantes dos diversos partidos vão andar de lés-a-lés, de Norte a Sul do país, assumindo compromissos, discutindo propostas, fazendo promessas ou apontando incoerências aos adversários. Serão dias intensos, plenos de informação e contra-informação, com alguns bitaites e uma pontinha de demagogia à mistura. É assim em qualquer campanha.
O distrito de Beja não será excepção a esta realidade. Por cá também passarão os candidatos a primeiro-ministro, uns com mais possibilidades de êxito que outros. Mas o que verdadeiramente deve importar aos baixo-alentejanos será aquilo que os candidatos locais forem dizendo, concelho a concelho, ao longo destes longos dias de política. E há muito para falar, muito para discutir… muito por fazer.
É importante que os candidatos apresentam propostas concretas para evitar o despovoamento do território, o envelhecimento da população e o êxodo de jovens. Propostas concretas para a melhoria da rede de estradas, para a electrificação da ferrovia e para a rentabilização do aeroporto de Beja. Propostas concretas para a consolidação de uma agricultura sustentável na região, seja de regadio, sequeiro ou ligada à pecuária. Propostas concretas que possibilitem a instalação no Baixo Alentejo de agro-indústrias e projectos empresariais criadores de emprego. Propostas concretas em defesa da manutenção (e reforço) dos serviços públicos no distrito, da Saúde à Educação, da Justiça à Segurança Social. Propostas concretas para o crescimento de um turismo que salvaguarde os valores naturais. E mais, muito mais…
É isto que os eleitores do Baixo Alentejo ambicionam. Mais que uma campanha feita de slogans, desejam uma campanha de e com ideias. Porque a região muito necessita disso.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 24/04/2018
Festejar a Liberdade
no distrito de Beja
O tempo é de festejar a Liberdade e a Democracia! Na noite desta terça para quarta-feira, de 24 para 25 de Abril, assinala-se o 44º aniversário da Revolução dos Cravos e a data será devidamente assinalada nos quatro cantos do Baixo Alentejo.
07h00 - terça, 24/04/2018
Câmara de Beja
cede espaço no Padrão
A Câmara de Beja vai ceder o novo espaço multiusos da aldeia do Padrão à Junta de Freguesia de Nossa Senhora das Neves, sendo que o contrato de comodato será assinado entre ambas as partes nesta terça-feira, 24.
07h00 - terça, 24/04/2018
PCP exige melhores
cuidados de saúde
O PCP de Beja exige "um financiamento adequado" para a Saúde e uma nova política para que todos os constrangimentos identificados neste sector na região "possam ser corrigidos, em prol de uma melhor Saúde parta todos".
07h00 - segunda, 23/04/2018
Biblioteca de Aljustrel
celebra Dia do Livro
A Biblioteca Municipal de Aljustrel assinala nesta segunda-feira, 23 de Abril, o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor com diversas iniciativas para promover o gosto pelos livros e pela leitura.
07h00 - segunda, 23/04/2018
Plano intermunicipal
"em nome" da Igualdade
Promover a igualdade de género e combater as discriminações em função do sexo ou orientação sexual são algumas das metas assumidas no novo Plano Intermunicipal para a Igualdade, que vai ser dinamizado até final de 2019 nos concelhos de Aljustrel, Almodôvar, Castro Verde, Ferreira do Alentejo e Ourique.

Data: 20/04/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial