00h27 - sábado, 06/04/2013

Cavaco Silva inaugurou
nova refinaria em Sines

Cavaco Silva inaugurou nova refinaria em Sines

Cavaco Silva desafia os empresários portugueses a investirem no país como a GALP, que inaugurou uma nova refinaria em Sines, avaliada em 1,4 mil milhões de euros.
"Acabámos de inaugurar o maior projecto industrial alguma vez feito no nosso país: a nova refinaria de Sines, uma das mais avançadas tecnologicamente de toda a Europa", disse o Presidente da República esta sexta-feira, 5, durante a cerimónia de inauguração da nova refinaria.
"É um sinal de confiança na economia portuguesa e eu espero que este projecto estimule outros empresários a avançarem nas suas decisões de investimento", acrescentou Cavaco Silva.
O Presidente da República salientou o facto de, com esta nova unidade industrial, "Portugal passar a ser um exportador de gasóleo".
"Este investimento vai contribuir para a redução dos desequilíbrios que acumulámos ao longo de décadas nas nossas contas externas", frisou.
Segundo o presidente executivo da GALP, Ferreira de Oliveira, a entrada em funcionamento desta nova unidade industrial não significa que Portugal passe a ter gasóleo mais barato.
"Os preços à saída da refinaria são definidos, não pela GALP Energia, mas pelo equilíbrio da oferta e da procura no mercado internacional", explicou.
"Se vendêssemos produto à saída da refinaria mais caro do que os preços internacionais, ninguém nos comprava porque importaria. Se vendêssemos mais barato, não tínhamos produto para o mercado nacional porque os traders nos compravam todo o crude. Portanto, temos que vender aos preços internacionais".
Ferreira de Oliveira reconheceu que a única maneira de fazer baixar os preços dos combustíveis seria através da regulação administrativa, salientando, no entanto, que teria de ser um "preço regulado através dos impostos".
O investimento da GALP em Sines consistiu na construção de uma nova unidade de hidrocraqueamento de gasóleo pesado para a produção de gasóleo e de jet.
Esta unidade permitirá um aumento da produção de gasóleo através da conversão profunda de fracções mais pesadas das ramas.
Foi ainda construída uma unidade de steam reformer para produção de hidrogénio e uma unidade de recuperação de enxofre dos gases produzidos.
As novas instalações ocupam uma área de 28 hectares no complexo da refinaria de Sines, a principal refinaria de Portugal, com uma capacidade de destilação de cerca de 220 mil barris por dia, ou seja, cerca de 70% da capacidade de refinação nacional.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 18/08/2017
Adega da Vidigueira
inaugura nova obra
A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACV) inaugura esta sexta-feira, 18, a obra do seu novo Centro de Análise e Pesagem (CAP), estrutura que já servirá para a recepção de uvas na vindima deste ano.
00h00 - segunda, 14/08/2017
Alentejo com mais 5,7%
de novas empresas em 2017
Nos primeiros seis meses de 2017 foram criadas mais 5,7% de novas empresas na região do Alentejo em comparação com o mesmo período do ano anterior.
00h00 - terça, 08/08/2017
Produção de cereais não
diminui no Campo Branco
A produção de cerais de Outono/Inverno na zona do Campo Branco, que abrange os concelhos de Castro Verde, Almodôvar, Ourique e parte de Aljustrel e Mértola, deve aumentar em 2017.
00h00 - segunda, 07/08/2017
Câmara de Almodôvar também
recebe Derrama da Somincor
Depois de muitos anos de reivindicação, a Câmara de Almodôvar vai receber este ano parte da Derrama correspondente aos impostos pagos pela Somincor, que explora as minas de Neves-Corvo, em 2016.
00h00 - domingo, 06/08/2017
Adega da Vidigueira
conclui investimento
A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACV) tem praticamente concluída a obra do seu novo Centro de Análise e Pesagem (CAP), estrutura que já servirá para a recepção de uvas na vindima deste ano.

Data: 04/08/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial