14h12 - quinta, 28/03/2013

InAlentejo duplicou
execução em 2012

InAlentejo duplicou execução em 2012

A taxa de execução do InAlentejo – Programa Operacional Regional do Alentejo 2007-2013 praticamente duplicou durante o ano de 2012, passando de 22% para cerca de 43%.
"Em 2012 conseguimos praticamente duplicar aquilo que foi [a execução] em cinco anos. De 2007 a 2012 a execução era de 22% e num ano duplicámos essa taxa, para sensivelmente 43%", revelou esta quinta-feira, 28, ao "CA" o vogal executivo do InAlentejo, António Costa da Silva.
Para este responsável, o resultado da execução do InAlentejo entre 2007 e o final de 2011 "era péssimo", sendo que a actual comissão directiva conseguiu ao longo de 2012 implementar uma série de medidas, sobretudo de simplificação, que permitiram colocar o programa "em velocidade de cruzeiro".
"Estamos a melhorar significativamente e estamos convencidos que este ano vamos dar outro pulo, para cerca de 60% [de taxa de execução]. E teremos mais dois anos para executar o programa operacional até ao seu encerramento. Por isso, consideramos que estamos no bom caminho e que as coisas ganharam um novo rumo e um novo ritmo", vincou António Costa da Silva.
O vogal executivo do InAlentejo garantiu igualmente que não haverá dinheiro a ser devolvido a Bruxelas no final de 2015 por falta de execução.
"A execução depende dos nossos agentes, mas pelo nível de compromisso que existe actualmente, que anda na ordem dos 100%, parece-nos que o Alentejo não tem de se preocupar com essa matéria", afiança.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 20/11/2017
Autarca de Beja eleito para a direcção da AMPV
O presidente da Câmara de Beja, Paulo Arsénio, foi eleito no final da passada semana vogal do conselho directivo da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), estrutura que conta com cerca de 80 municípios associados.
07h00 - sexta, 17/11/2017
Empresa MESA instala-se no aeroporto de Beja
A empresa de engenharia e manutenção MESA, ligada ao grupo da companhia aérea HiFly, vai ter um hangar de manutenção de aviões no aeroporto de Beja, que deverá começar a ser construído em Abril de 2018.
07h00 - quarta, 15/11/2017
Montaraz de Garvão
premiada no estrangeiro
A empresa Montaraz de Garvão, que produz produtos à base de carne de porco alentejano no concelho de Ourique, foi recentemente premiada em Inglaterra, durante mais uma edição dos "Great Taste Awards 2017".
00h00 - segunda, 13/11/2017
PDR 2020 apresentado
a agricultores em Aljustrel
A Esdime/ Agência para o Desenvolvimento Local do Alentejo Sudoeste promove nesta segunda-feira, 13, uma sessão de informação sobre os apoios do Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 (PDR 2020).
00h00 - sexta, 10/11/2017
Mineiros de Aljustrel
avançam para greve
Depois de Neves-Corvo, a greve vai chegar às minas de Aljustrel! A paralisação vai decorrer entre as seis da manhã de 22 de Novembro e as 8h30 de 26 de Novembro e vai abranger os trabalhadores das empresas Almina, Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro (EPDM) e Urmáquinas, segundo os pré-avisos de greve já entregues pelo Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) às respectivas administrações.

Data: 10/11/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial