00h00 - sábado, 16/02/2013

Malhadinha Nova registou o
melhor ano de sempre em 2012

Malhadinha Nova registou o melhor ano de sempre em 2012

A Herdade da Malhadinha Nova, na freguesia de Albernoa (Beja), registou em 2012 um volume de negócios a rondar os 2,2 milhões de euros, revela ao "CA" a administração.
"Foi o nosso melhor ano de sempre. Crescemos cinco por cento face ao ano anterior, o que não é mau! E face à conjuntura actual temos a ambição de crescer mais ainda", diz o administrador João Soares.
Em média, da herdade saem cerca de 300 mil garrafas (em parte exportadas para 25 países dos quatro cantos do mundo), sendo que a filosofia continua a ser a de não "vender vinho por vender vinho".
"As pessoas que querem uma garrafa de vinho porque precisam de beber vinho, não devem beber Peceguina! Aquilo que nós quisemos fazer foi um vinho que dê prazer, para ser bebido em ocasiões especiais", justifica João Soares.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 15/10/2017
Adega da Vidigueira
lança vinho de talha
A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACV) vai lançar um vinho de talha produzido exclusivamente a partir de uvas provenientes de vinhas centenárias existentes na freguesia de Vila Alva (Cuba).
07h00 - terça, 10/10/2017
São Teotónio vai
receber central solar
A Câmara e a Assembleia Municipal de Odemira aprovaram, por unanimidade, a Declaração de Projecto de Relevante Interesse Municipal para a criação de uma central fotovoltaica no concelho.
07h00 - sexta, 06/10/2017
ACPA cria agrupamento de produtores
Facilitar a comercialização de animais e garantir melhores condições na aquisição de adubos, rações e outros factores de produção são dois dos objectivos do PACOOP/ Agrupamento de Produtores de Porco Alentejano e Outras Espécies Pecuárias, CRL.
07h00 - quarta, 04/10/2017
Segundo dia de greve na mina de Neves-Corvo
Decorre nesta quarta-feira, 4, o segundo dia de greve dos trabalhadores das minas de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde, para reivindicar, entre outros objectivos, "o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina" e a "humanização dos horários de trabalho".
13h09 - terça, 03/10/2017
Adesão de 17% à greve em Neves-Corvo, avança Somincor
Cerca de 17% dos trabalhadores das minas de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde, aderiram à greve de quatro dias convocada pelo STIM e que se iniciou às 6h00 desta terça-feira, 3 de Outubro, adianta ao "CA" fonte oficial da Somincor.

Data: 13/10/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial