08h34 - sexta, 13/11/2009

CerciBeja pode perde valência educativa em 2013

CerciBeja pode perde valência educativa em 2013

O presidente da direcção da CerciBeja – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Crianças Inadaptadas de Beja teme que a extinção da valência educativa no seio da instituição, prevista para o ano de 2013 em virtude da publicação do decreto-lei 3/ 2008 pelo Ministério da Educação (ME) em 2008, possa lançar para o desemprego cerca de três dezenas dos técnicos que actualmente lá trabalham.
"Quando os jovens [que ainda frequentam a instituição] saírem vamos ficar com um problema complicado", afirma ao "CA" José Hilário, admitindo a possibilidade da CerciBeja "não ter condições" financeira para manter o actual corpo de técnicos, que, desse modo, "poderão ter os postos de trabalho em risco com o fim desta valência".
Apesar dos problemas que se vislumbram num horizonte relativamente imediato, o fim da valência educativa "não representa o fim da CerciBeja", garante o presidente da instituição, que tem em mente outros projectos no âmbito das restantes valências da instituição: unidade de formação profissional, centro de actividades ocupacionais e lar-residencial.
Com um orçamento anual de cerca de 1,6 milhões de euros, a CerciBeja pretende avançar com a candidatura a um curso de Educação e Formação de Adultos, assim como concretizar a ambição de um novo lar-residencial e de um espaço, também no "formato" lar-residencial, destinado a pessoas com doença mental, algo que ainda não existe no Baixo Alentejo.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
14:04, Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2017
SN
Tenho reparado em certos centros de apoio social que os empregados são cada vez mais sem que isso traga mais qualidade de vida aos utentes. Só em salários é uma descapitalização ruinosa das instituições.

00h00 - sábado, 18/11/2017
PCP questionou
Ministério da Educação
O PCP critica o Governo por este não ter adiantado novidades sobre a requalificação das escolas secundárias de Castro Verde, Odemira e Serpa durante a discussão na especialidade do Orçamento de Estado 2018.
00h00 - sexta, 17/11/2017
Médicos veterinários
reúnem em Castro Verde
A vila de Castro Verde recebe entre esta sexta-feira e sábado, dias 17 e 18 de Novembro, a quinta edição das Jornadas Técnico-Veterinárias do Campo Branco.
00h00 - sexta, 17/11/2017
Câmara de Castro Verde
prepara orçamento para 2018
A Câmara de Castro Verde concluiu na noite de quarta-feira, 15 de Novembro, o ciclo de sessões pelo concelho para recolha contributos da população no âmbito da preparação das Grandes Opções do Plano (GOP) e Orçamento para 2018.
00h00 - sexta, 17/11/2017
Almodôvar e Mértola
apoiam as famílias
As câmaras de Almodôvar e de Mértola voltaram a ser galardoadas com a Bandeira Verde atribuída pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, dado adoptarem "práticas amigas das famílias".
07h01 - quinta, 16/11/2017
Câmara de Castro Verde
reduz participação no IRS
A Câmara de Castro Verde aprovou a redução para 4,5% da taxa de participação do município no IRS dos contribuintes do concelho, no sentido de diminuir a "carga fiscal" destes no próximo ano de 2018.

Data: 10/11/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial