15h36 - sexta, 13/11/2020

Covid-19: Aljustrel contesta inclusão na lista dos concelhos de risco elevado

Covid-19: Aljustrel contesta inclusão na lista dos concelhos de risco elevado

O presidente da Câmara de Aljustrel contesta a inclusão do concelho na lista dos 191 municípios classificados de risco elevado de transmissão da covid-19, considerando que os critérios utilizados assentam num "erro grosseiro". Em declarações ao "CA", Nelson Brito anuncia mesmo que o Município vai apresentar a sua "contestação junto da Direcção Geral da Saúde (DGS) já hoje", esperando que esta "se pronuncie o mais rápido possível".
Aljustrel tem actualmente 20 casos activos e a posição da autarquia "mineira" tem por base o facto de, nos critérios para a definição dos concelhos de risco elevado, ser utilizada uma estimativa do Instituto Nacional de Estatística (INE) de 2019 relativa à população de cada concelho, calculando para Aljustrel um total de 8.247 habitantes.
"O dado que contraria essa estimativa do INE é que no dia de ontem [quinta-feira], conforme fomos informados pelas autoridades de saúde regionais, tínhamos 9.333 utentes inscritos no centro de saúde" de Aljustrel, observa Nelson Brito.
Para o presidente da Câmara Municipal, trata-se de um "erro grosseiro sobre a estimativa que serve de parâmetro a esta equação" de classificação dos municípios de risco elevado e que penaliza o concelho, "nomeadamente em termos económicos e sociais".
Ainda assim, Nelson Brito garante que a autarquia "encara com muita responsabilidade este momento" e "irá adotar as medidas preconizadas por este estado de emergência", trabalhando em conjunto com a população para a diminuição "do número de casos activos nos próximos 14 dias". "Aljustrel, em conjunto, certamente saberá responder a esses desafios", diz.
O presidente da Câmara de Aljustrel anuncia igualmente que a autarquia vai "adotar algumas medidas adjacentes àquilo que são medidas já anunciadas pelo Governo", para "ir ao encontro daquilo que são os prejuízos anunciados para a economia local, nomeadamente no sector da restauração".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 30/11/2020
Caso de Covid-19 na
EB 2,3/ S de Ourique
Um funcionário da Escola Básica (EB) 2,3/Secundária de Ourique testou positivo ao novo coronavírus da Covid-19, revelou neste sábado, 28 de Novembro, a Câmara Municipal local.
07h00 - segunda, 30/11/2020
Dia das Cidades
Educadoras em Odemira
Partilhar as aprendizagens geradas ao longo destes 30 anos "de experiência e colaboração no território odemirense" é o desafio lançado pela Câmara de Odemira no âmbito das comemorações do Dia Internacional das Cidades Educadoras, que se assinala nesta segunda-feira, 30 de Novembro.
07h00 - sábado, 28/11/2020
Saúde: PS Baixo Alentejo alerta Governo para carências na região
O presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS considera que a região "continua a sofrer de uma carência ao nível dos serviços de saúde", tendo transmitido isso mesmo aos secretários de Estado da Defesa e da Saúde, Jorge Seguro Sanches e António Lacerda Sales, respectivamente, durante a visita que os dois governantes realizaram esta sexta-feira, 27, a Beja.
07h00 - sábado, 28/11/2020
Câmara de Castro Verde
com empréstimo aprovado
A Assembleia Municipal de Castro Verde aprovou nesta sexta-feira, 27, por maioria, a contratação por parte da Câmara Municipal de um empréstimo bancário, no valor de 600 mil euros, para fazer obras no concelho.
19h15 - sexta, 27/11/2020
Governo vai reforçar
verbas a transferir para
os bombeiros em 2021
O ministro da Administração Interna assinalou esta sexta-feira, 27, em Ourique, que as corporações de bombeiros vão ter em 2021 um reforço das transferências na ordem dos 3,6 milhões de euros, apesar de o próximo ano ser "particularmente difícil no quadro orçamental".

Data: 20/11/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial