07h00 - sexta, 23/10/2020

Mértola, capital da caça!

Mértola, capital da caça!

Mesmo sendo tempo de pandemia, Mértola continua a ser a "capital da caça"! Um "estatuto" assinalado ao longo deste fim-de-semana, 23 a 25 de Outubro, com a realização da 11ª edição da Feira da Caça, promovida pela Câmara Municipal local e que vai decorrer no novo Pavilhão Multiusos da "vila-museu".
"Os caçadores têm um grande carinho por Mértola e por esta feira e sei que grande parte do público da feira vão ser os caçadores", antevê o presidente da autarquia em declarações ao "CA". "Esperamos uma afluência bastante reduzida comparativamente com as edições anteriores da feira, mas tenho a expectativa que possamos ter uma participação razoável", acrescenta Jorge Rosa.
Segundo o edil mertolense, a Câmara Municipal decidiu manter a realização do evento, que visa promover as potencialidades turísticas e económicas do património cinegético do concelho, devido à sua consolidação no calendário nacional e, também, para dinamizar a economia local.
"Sendo Mértola a 'Capital Nacional da Caça', sentimos que há alguma responsabilidade para com a caça, para manter a imagem que foi criada a muito custo e com muito trabalho durante estes anos. Por isso decidimos fazer o evento, sabendo que será um evento diferente do normal", diz Jorge Rosa, anunciando que ao longo destes três dias serão cumpridas escrupulosamente todas as regras de segurança exigidas pelas autoridades de Saúde.
Nesse sentido, continua o autarca, "há um conjunto de regras muito apertado, diria de tolerância zero, que vamos manter na feira para que haja um risco mínimo de possibilidade de contágio".
Entre as medidas de prevenção, Jorge Rosa destaca a existência de dois pórticos de desinfecção à entrada do certame, "onde toda a gente que entre na feira vai ter de passar e leva uma nebulização com líquido desinfectante em toda a roupa".
A par das regras associadas à Covid-19, a Feira da Caça de Mértola de 2020 fica igualmente marcada pela utilização, pela primeira vez, do novo Pavilhão Multiusos da "vila-museu", obra recentemente concluída depois de um investimento de cerca de 2,5 milhões de euros por parte da Câmara Municipal.
"É uma experiência e um primeiro teste ao espaço, para todos percebermos como é que ele vai funcionar com os nossos eventos", frisa Jorge Rosa, garantindo que a inauguração do pavilhão terá lugar noutro momento ainda a agendar. "Dada a importância do investimento e como vem colmatar uma lacuna enorme que Mértola tinha, aquele espaço merece uma inauguração diferente, com programa próprio, que há-de acontecer posteriormente, assim que houver condições de segurança perante a pandemia que vivemos", garante Jorge Rosa.

Programa reduzido
A edição deste ano da Feira da Caça de Mértola vai ter um programa mais reduzido, sem espectáculos ao vivo ou a habitual secção de gastronomia.
Na sessão de inauguração da feira, agendada para esta sexta-feira, 23, vai estar a ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e os deputados socialistas Telma Guerreiro e Pedro do Carmo. Para domingo, 25, está igualmente confirmada a presença no certame do secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches, coordenador da situação de calamidade na região do Alentejo no âmbito do combate à pandemia.

Para sábado, 24, está prevista uma montaria de javalis, veados e gamos (a partir das 8h00, com concentração em Ledo) e a primeira etapa da final do Campeonato Nacional de Santo Humberto (na Zona de Caça Municipal).
Na manhã de domingo, 25, realiza-se a segunda etapa da final do Campeonato Nacional de Santo Humberto, uma largada de perdizes, faisões, patos e pombos (8h00) e a oitava edição do Campeonato Nacional de Caça de Salto "Fernando Pereira" (8h30 no Moinho do Monte Novo).


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 27/11/2020
Colaço Guerreiro apresenta
livro "Descantes" em Castro
"Chamar a atenção" e "alertar as consciências" para aquilo que considera ser "a situação de perigo agravado" em que se encontra actualmente o cante alentejano foi o mote que levou José Francisco Colaço Guerreiro, advogado em Castro Verde e autor do programa "Património" na Rádio Castrense, a lançar o livro Descantes.
07h00 - sexta, 20/11/2020
Memórias da Aldeia
Nova de Ourique
recuperadas em livro
José Manuel Dionísio deixou a Aldeia Nova de Ourique quando tinha apenas 16 anos, mas a aldeia nunca o deixou, nem mesmo quando a localidade ficou submersa pela água da albufeira do Monte da Rocha, a 11 de Junho de 1972.
07h00 - quinta, 19/11/2020
Festival das Marias
adiado para 2021
devido à pandemia
A Companhia Alentejana de Dança Contemporânea (CADAC) e a companhia de Teatro Lendias d'Encantar, ambas de Beja, decidiram adiar para Março de 2021 a edição deste ano do Festival das Marias, devido às limitações impostas actualmente pela pandemia da Covid-19.
07h00 - terça, 10/11/2020
Autora natural da
freguesia de Ervidel
lança novo livro
A enfermeira Sónia Santana Sacramento, com raízes na freguesia de Ervidel (concelho de Aljustrel), acvaba de lançar o livro Tomé, nenhuma distância é longe demais, que tem a chancela da editora Flamingo e conta com o apoio da Câmara de Aljustrel.
09h00 - sábado, 07/11/2020
Semana Gastronómica
do Vinho em Beja
Promover a qualidade e a diversidade gastronómica aliada aos vinhos do concelho é o grande objectivo da Câmara de Beja com a primeira edição da "Semana Gastronómica do Vinho", que arranca neste sábado, 7, e se prolonga ao longo de uma semana, até dia 14.

Data: 20/11/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial