09h00 - quinta, 26/12/2019

Quais os jogadores mais
valiosos do Baixo Alentejo
e Alentejo Litoral?

Quais os jogadores mais valiosos do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral?

Em tempo de Natal, e com a época das transferências futebolísticas a aproximar-se, fomos à procura daqueles que são os cinco futebolistas "mais valiosos" do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral, tendo em conta o valor de mercado atribuído pelo site Transfermarkt.
Entre os cinco, o mais valioso é mesmo Mário Rui, de 28 anos, natural de Sines e que joga há três épocas nos italianos do Nápoles, ao lado de craques como Artem Milik, Fábian Ruiz ou Dries Meertes. O atleta, que passou pela formação do Vasco da Gama de Sines e também do Sporting e Benfica, é internacional português (esteve no Mundial de 2018 e deverá ir ao Europeu de 2020) e está avaliado pelo Transfermarkt no montante de 15 milhões de euros.
Em seguida na lista surge Diogo Gonçalves, almodovarense de 22 anos que joga no FC Famalicão por empréstimo do Benfica. Foi nos "encarnados" que Diogo fez toda a sua formação e se estreou como sénior, pela mão de Rui Vitória, alinhando inclusive na Liga dos Campeões. Actualmente joga numa das sensações do campeoinato nacional, onde tem sido primeira opção nas últimas jornadas, e tem um valor de mercado a rondar os dois milhões de euros.
No "top five" dos futebolistas "mais valiosos" do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral surgem igualmente os gémeos Aurélio, João e Luís, de 31 anos e naturais de Nossa Senhora das Neves, que fizeram parte da sua formação no Despertar e Desportivo de Beja.
O primeiro é actualmente o capitão do Moreirense, depois de passagens por Vitória de Guimarães e Nacional da Madeira, estando avaliado em 800 mil euros.
Já o segundo joga desde o início da época no Cluj, campeão nacional da Roménia, para onde se transferiu vindo dos também romenos do Gaz Metan. Antes representou Tondela, Nacional da Madeira, Moreirense e Feirense, tendo um valor de mercado de 600 mil euros.
Finalmente, um "histórico" do futebol do distrito de Beja: o avançado bejense Tiago Targino, de 33 anos, outrora figura do Vitória de Guimarães e que só uma lesão no joelho o impediu de assinar pelo Benfica. Desde então Targino já passou por mais de uma dezena de clubes, entre Portugal, Chipre, Polónia, Angola e Andorra, representando actualmente o Comércio e Indústria, do distrital de Setúbal. Ainda assim, e segundo os responsáveis pelo Transfermarkt, está avaliado em 650 mil euros.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - domingo, 20/09/2020
Mineiro Aljustrelense quer
ser "a equipa sensação"
Apesar de todas as dúvidas e inquietações que subsistem em redor do Campeonato de Portugal de 2020-2021, o técnico do Mineiro Aljustrelense tem bem definidas na sua mente (e entre os jogadores) as metas que pretende alcançar: primeiro a manutenção, depois, tentar ser a "sensação" da competição que arranca neste domingo, 20.
07h00 - terça, 15/09/2020
Gonçalo Serrão troca
Mineiro pelo Belenenses
O jovem médio Gonçalo Serrão, que alinhava pelo Mineiro Aljustrelense, assinou contrato com o Belenenses e vai representar a equipa de juniores do clube da cruz de Cristo na 1ª divisão nacional da categoria.
07h00 - sexta, 11/09/2020
Desp. Almodôvar
com muitas mexidas
em 2020-2021
O Desportivo de Almodôvar já iniciou a preparação para a nova época de 2020-2021, onde volta a disputar a 1ª divisão distrital, apresentando muitas mexidas relativamente à temporada transacta.
07h00 - quarta, 09/09/2020
AFBeja reduz valor
das taxas de jogo
A direcção da Associação de Futebol de Beja (AFBeja) decidiu reduzir para metade as taxas de jogo a pagar pelos clubes na época desportiva de 2020-2021 "enquanto não for permitida a presença de público nos recintos desportivos".
07h00 - segunda, 07/09/2020
Tiago Canário no quadro
de observadores da Liga
Tiago Canário, observador de árbitros de futebol de 11 natural de Castro Verde, vai integrar o quadro de observadores das 1ª e 2ª ligas profissionais na temporada desportiva de 2020-2021.

Data: 11/09/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial