07h00 - segunda, 25/11/2019

Câmara de Mértola com
muitas obras para 2020

Câmara de Mértola com muitas obras para 2020

A Câmara de Mértola ainda não aprovou o seu Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2020, mas o presidente da autarquia garante que o próximo ano será marcado por muitas obras em todo o concelho. De acordo com Jorge Rosa, um dos grandes destaques vai para a Estação Biológica de Mértola e para Centro de Interpretação da Biodiversidade e da Fauna Animal do Baixo Guadiana, que serão instalados nas antigas instalações da EPAC.
Trata-se de um investimento acima dos quatro milhões de euros, promovido pela autarquia e comparticipado em cerca de três milhões de euros por fundos comunitários. No mesmo local serão ainda instalados o novo arquivo municipal e um espaço de reservas do Museu Municipal de Mértola.
Em 2020 a edilidade mertolense vai ainda fazer novos arruamentos em Alcaria Ruiva e São Pedro de Sólis (investimento de um milhão de euros) e na Mina de São Domingos (800 mil euros), assim como reabilitar a estrada municipal que liga São João dos Caldeireiros a Vale de Açor de Baixo (1,3 milhões de euros) e iniciar duas obras de saneamento básico em localidades a definir (num total de 1,6 milhões de euros).
Nos planos da Câmara de Mértola está igualmente, entre outras intervenções, a criação de um novo centro escolar para o pré-infantil e primeiro ciclo do ensino básico junto à Escola Secundária (500 mil euros), a substituição das actuais luminárias convencionais por luminárias LED em todo o concelho (150 mil euros), e a requalificação de alguns dos edifícios municipais (500 mil euros).
Todas estas obras são possíveis, na opinião de Jorge Rosa, graças à boa saúde financeira da Câmara de Mértola. "Temos muito rigor e muita disciplina na gestão dos fundos públicos. Sabemos o que queremos para o concelho, mas também sabemos que temos que ir fazendo faseadamente e não tudo de repente", vinca o autarca socialista.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
22h13 - sexta, 10/07/2020
Covid-19: Testes negativos a
trabalhadores da Somincor
Os trabalhadores da Somincor, empresa mineira de Neves-Corvo, testados nesta quinta-feira, 9, ao coronavírus Covid-19 tiveram resultado negativo, adianta a Câmara Municipal e o Serviço Municipal de Protecção Civil de Castro Verde.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Criminalidade diminuiu no distrito de Beja em 2019
O distrito de Beja é o quinto mais seguro em todo o país, tendo registado um decréscimo na criminalidade geral em 2019.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Programa de apoio à
cultura esgotado em Beja
A cidade de Beja vai receber, nos próximos meses, três exposições, cinco sessões de contos, quatro sessões de teatro e marionetas e 11 espectáculos musicais, fruto das candidaturas apresentadas ao Programa Municipal de Apoio à Cultura (PEAC).
07h00 - sexta, 10/07/2020
Diocese de Beja assinala
250 anos da sua restauração
A 10 de Julho de 1770 foi restaurada, pelo Papa Clemente XIV, a Diocese de Beja, data assinalada 250 anos depois neste fim-de-semana, 10 a 12, com diversas iniciativas de cariz religioso.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Um caso de Covid-19
identificado em Neves-Corvo
Um trabalhador da Somincor residente no concelho de Almodôvar foi identificado como estando infectado com Covid-19, adiantaram nesta quinta-feira, 9, a Câmara Municipal e o Serviço Municipal de Protecção Civil de Castro Verde.

Data: 10/07/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial