07h00 - quarta, 07/08/2019

"Odemira Empreende"
alargado a todo o concelho

"Odemira Empreende" alargado a todo o concelho

O Odemira Empreende-Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego promovido pela Câmara de Odemira foi alargado a toda a faixa central e interior do concelho.
Fonte municipal explica que este alargamento da abrangência geográfica do programa pretende a "promoção do desenvolvimento económico e da coesão territorial", através de várias medidas e acções "para dinamizar e impulsionar o tecido empresarial, com vista à captação de novos investimentos, criação de emprego e qualificação do tecido empresarial".
Nesse sentido, o apoio financeiro ao investimento é elegível nos núcleos antigos, nos Parques Municipais de Fixação de Empresas e nas Área de Reabilitação Urbana (ARU), sendo que a Câmara Municipal aprovou recentemente novas ARU nas localidades de Amoreiras-Gare, Luzianes-Gare, Pereiras-Gare, Relíquias, Santa Clara-a-Velha, São Martinho das Amoreiras e Vale de Santigo.
"A par destas novas ARU, já estavam em vigor em Odemira, Colos, São Luís, Sabóia, São Teotónio, Vila Nova de Milfontes e Zambujeira do Mar", revela a autarquia.
Recorde-se que o "Odemira Empreende" prevê um conjunto de medidas parta apoiar novos projectos empresariais além do apoio financeiro ao investimento, nomeadamente a implementação da Oficina do Empreendedor, incentivos à fixação de empresas nos parques empresariais, isenção/redução de taxas municipais nos processos de licenciamento, apoios à criação do próprio emprego, implementação da Via Verde do Empresário e da Bolsa de Emprego Municipal, incentivos fiscais ou o prémio "Espírito Empreendedor".
Lançado em Julho de 2015, o "Odemira Empreende" aprovou, até final de 2018, um total de 774.393,18 euros em apoios financeiros a 93 projectos, dando origem à criação de 112 novos postos de trabalho. As actividades económicas com projectos mais apoiados incidem na restauração, produção de aguardente de medronho, empresas de animação e operadores marítimo-turísticos, apicultura e unidades de alojamento local.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sábado, 05/10/2019
Concurso de economia
circular no Baixo Alentejo
Identificar as boas práticas da economia circular nas empresas do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral é a grande meta da segunda edição do prémio "Economia Circular nas Empresas do Baixo Alentejo e Litoral", promovido pelo NERBE e pela CCDR do Alentejo.
07h00 - sexta, 20/09/2019
Nova ZAE de
Beja concluída
em Maio de 2020
A infra-estruturação da nova Zona de Acolhimento Empresarial (ZAE) Norte de Beja deverá estar concluída em Maio de 2020, depois de um investimento municipal de 1,7 milhões de euros, tendo já sido atribuídos 20 dos 21 lotes disponíveis na Fase 1 da mesma.
07h00 - sexta, 20/09/2019
FAABA e PSD criticam
Universidade de Coimbra
A decisão da Universidade de Coimbra (UC) de retirar a carne de vaca da ementa das suas cantinas a partir de 2020 continua a dar que falar no Baixo Alentejo, com muitas críticas por parte de agricultores e do cabeça-de-lista do PSD.
07h00 - quinta, 19/09/2019
Turismo do Alentejo
promove reunião em Beja
A Pousada de Beja recebe nesta quinta-feira, 19 de Setembro, uma das reuniões descentralizadas que a Turismo do Alentejo e Ribatejo está a promover para "rever, debater e preparar" as principais linhas estratégicas do sector no horizonte 2021-2027.
07h00 - quarta, 18/09/2019
MFS com candidatura
a fundos comunitários
para reabrir em Moura
Um grupo empresarial apresentou uma candidatura, na CCDR Alentejo, visando o desenvolvimento de um projecto ligado às energias renováveis e a outras componentes da fileira energética nas instalações da antiga Moura Fábrica Solar (MSF).

Data: 11/10/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial