07h00 - quarta, 05/06/2019

De Chaves até Faro
pela Estrada Nacional 2

De Chaves até Faro pela Estrada Nacional 2

Há sonhos que comandam a vida e o de João Matos tinha 738 quilómetros de distância: ligar Chaves a Faro de bicicleta pelo asfalto da Estrada Nacional (EN) 2, a mais longa da Europa e uma das maiores de todo o mundo.
Um sonho que este ciclista amador de Castro verde acabou por concretizar há pouco mais de duas semanas, na companhia de José Tomé dos Anjos, também de Castro Verde. Os dois partiram da cidade flaviense a 13 de Maio e chegaram à capital algarvia cinco dias depois, numa jornada que tão depressa não esquecerão.
"Isto já andava cá a formigar há muito tempo, mas por um motivo ou outro, havia sempre qualquer coisa que 'enrolava' isto. Mas no ano passado pensei que em 2019 fazia os 60 anos e que daí não podia passar. Era uma prenda que ia tentar dar a mim mesmo! O Zé também quis ir e correu tudo", conta ao "CA" João Matos, de 59 anos e militar aposentado.
"O meu amigo João desafiou-me a fazer esta aventura e eu aceitei, porque além de me dar gozo andar bicicleta – coisa que faço desde os 12 anos, quando vinha do Beringelinho trabalhar para Castro Verde – achei que agora, pela idade que tenho e porque me sinto bem, era um desafio engraçado", acrescenta José Tomé dos Anjos, já com 66 anos e que ainda trabalha como técnico de frio.
João Matos e José Tomé dos Anjos começaram a sua viagem pela EN2 a 13 de Maio, ligando Chaves ao Carvalhal. Depois seguiram-se as etapas Carvalhal-Góis, Góis-Montargil, Montargil-Castro Verde e, finalmente, Castro Verde-Faro. No total os dois ciclistas pedalaram 758 quilómetros (houve uns 20 quilómetros de enganos, admitem com humor), que tiveram tanto de dureza como de beleza.
"Há certas coisas que só nos conseguimos aperceber delas ou a pé ou de bicicleta. De bicicleta paramos em qualquer lado e vemos, espreitamos, ouvimos… Principalmente sons que de carro nunca apanhamos", diz João Matos. "É bonito e acho que toda a gente devia fazer este trajecto de bicleta. É uma paisagem linda. Sofre-se, é verdade… mas também se goza", continua José Tomé dos Anjos, para logo acrescentar: "Percorremos os 738 quilómetros da EN2 e há 13 quilómetros intransitáveis. Tenho muita pena é que sejam no meu concelho…"
Cumprido desafio de ligar Chaves a Faro de bicicleta, será que os dois ciclistas de Castro Verde já pensam em novas "aventuras"? João Matos sorri… e José Tomé dos Anjos diz que sim. "O João já falou de para o ano irmos até Santiago de Compostela", confidencia, mas sem se comprometer. Mas deixa uma garantia: "É muito melhor fazer isto que afundarmo-nos no sofá". "Isto não é para super-homens. Tem de haver regras e disciplina, perdermos algumas horas e alguns quilinhos, mas faz-se", conclui João Matos.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 21/05/2020
Filipe Venâncio (CDA):
"O futebol é uma das
profissões mais injustas"
Depois de um turno de 12 horas na mina, Filipe Venâncio falou ao "CA" sobre a prestação do Desportivo de Almodôvar na temporada de 2019-2020 e sobre uma carreira futebolística que já leva mais de duas décadas.
07h00 - quinta, 14/05/2020
Mineiro Aljustrelense
vai continuar no nacional
Está confirmado: o Mineiro Aljustrelense vai mesmo continuar a participar no Campeonato de Portugal na próxima temporada, confirmada que está a alteração do quadro competitivo em 2020-2021 por parte da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).
08h00 - sexta, 08/05/2020
Jorginho: "Sinto que sou
o jogador de referência
do FC Castrense"
O capitão do FC Castrense passa em revista a época de 2019-2020, abruptamente concluída devido à pandemia de Covid-19, em que cumpriu o 250º jogo com a camisola do clube e celebrou o 100º golo pelo emblema de Castro Verde.
09h00 - domingo, 03/05/2020
Mineiro Aljustrelense admite
desistir do Campeonato de Portugal
Apesar de ter garantido a manutenção na competição, o Mineiro Aljustrelense está a "ponderar seriamente" a possibilidade de vir a desistir da sua participação na Série D do Campeonato de Portugal na temporada de 2020-2021.
08h00 - terça, 21/04/2020
Presidente do Mineiro
admite "cortes" em 20-21
O presidente do Mineiro Aljustrelense admite que preferia ter conquistado a manutenção dentro de campo, mas fica satisfeito com a continuidade do clube nos nacionais em 2020-2021, época em que haverá muitas mudanças e cortes.

Data: 15/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial