07h00 - sexta, 17/05/2019

Fontes Bárbaras
tem nova adega

Fontes Bárbaras tem nova adega

Mais espaço e maior capacidade para trabalhar na qualidade: são estas as principais mais-valias da nova adega da Herdade das Fontes Bárbaras, na freguesia de Entradas (Castro Verde). As obras de ampliação da adega foram inauguradas no último sábado, 11 de Maio, e representam "a concretização de um sonho" para o proprietário da herdade.
"Já tínhamos uma adega, mas era pequena. Agora temos uma adega a sério, com uma sala de provas como deve ser e todas as condições para receber as pessoas. E isso é a concretização de um sonho", reconhece Diogo Perdigão em declarações ao "CA".
De acordo com o produtor, a Herdade das Fontes Bárbaras conta actualmente com 25 hectares de vinha em produção, a que se juntarão mais 17 a partir da vindima de 2020. A produção anual ronda os 300 mil litros de vinho, sendo que a renovada adega permitirá uma resposta mais adequada às necessidades da produção.
"Não tínhamos capacidade para a área de vinha que temos", admite Diogo Perdigão, vincando que a nova adega possibilitará melhorar a qualidade do produto final. "Essa foi sempre a nossa aposta, ou seja, não ter vinho só por ter. Mas tínhamos um grande défice de espaço, porque o vinho engarrafado tem de estagiar em garrafa. E esta adega agora dá-nos essas condições para termos cada vez melhores vinhos. E é isso que queremos: passar para outro patamar", diz.
Presentes no mercado desde 2011, os vinhos da Herdade das Fontes Bárbaras têm vindo a conquistar cada vez mais clientes, sobretudo no Baixo Alentejo e também já no Algarve. "Agora daqui para a frente é que vamos ter área para termos mais vinho engarrafado para o mercado consumir", nota Diogo Perdigão, adiantando que o mercado principal da adega são os particulares. "Mas está a haver alguma procura por parte de garrafeiras e de alguns restaurantes, que estão a começar a gastar os nossos vinhos", diz.
Além do mais, continua Diogo Perdigão, a nova adega também reforça a vertente turística da herdade, onde já funciona uma unidade de turismo rural. "As pessoas podem visitar a adega, mesmo sem marcação, e ver toda esta área de vinha, que está formidável. Parece um oásis", conclui sorridente.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
08h00 - domingo, 23/02/2020
BE questiona Governo sobre
morte nas Urgências de Beja
Os deputados do Bloco de Esquerda (BE) apresentaram na Assembleia da República algumas questões à ministra da Saúde relativamente ao caso do falecimento, no final de Janeiro, de um utente na sala de espera das Urgência do Hospital de Beja.
08h00 - sábado, 22/02/2020
Vidigueira vai ter
novo Centro de Saúde
O Ministério da Saúde validou na quinta-feira, 20, a necessária autorização à Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) para avançar com a construção do novo Centro de Saúde da Vidigueira num terreno cedido pela autarquia local.
07h00 - sexta, 21/02/2020
Médicos reuniram
no hospital de Beja
Os sindicatos dos Médicos da Zona Sul (SMZS) e Independente dos Médicos (SIM) exigem um "rigoroso inquérito" às causas do recente falecimento de um doente na sala de espera das Urgências dos Hospital de Beja.
07h00 - sexta, 21/02/2020
Estação dos CTT de Aljustrel
vai reabrir na segunda-feira
Os CTT vão reabrir a sua estação de Aljustrel já próxima segunda-feira, 24 de Fevereiro, depois deste serviço ter sido sub-concessionado a uma entidade privada há mais de um ano.
07h00 - quinta, 20/02/2020
Aljustrel cria maior percurso
mineiro urbano de Portugal
São 12 quilómetros de extensão, entre caminhos urbanos, passadiços de madeira e caminhos rurais, recheados de história(s) e memória(s): é assim o "Percurso Mineiro de Aljustrel", o maior de cariz urbano de todo o país e que pretende levar os caminhantes a passar pelos principais locais de interesse da "vila mineira".

Data: 21/02/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial