07h00 - quinta, 17/01/2019

JF São Luís dinamiza
projecto ambiental

JF São Luís dinamiza projecto ambiental

Na freguesia de São Luís, no concelho de Odemira, "escalabardo" é o nome dado pelos seus habitantes ao saca-rabos, mas também a designação oficial de um projecto ambiental, social e comunitário que a Junta de Freguesia local tem vindo a dinamizar.
"O 'escalabardo' é normalmente avistado em comunidade, ao qual associamos um sentimento de pertença ao grupo, em comunhão com a natureza, que considerámos encaixar na missão do nosso projecto ambiental", justifica ao "CA" o presidente da Junta de Freguesia de São Luís.
De acordo com Fernando Parreira, o projecto "Escalabardo" arrancou em 2018 e vai prolongar-se até Março deste ano, tratando-se de "uma iniciativa ambiental, social e comunitária" que consiste "na criação, produção e venda de produtos de base têxtil, em resultado de um trabalho artístico de transformação de roupas/ têxteis usados".
"Avançámos com esta iniciativa porque neste executivo acreditamos que é essencial que o Poder Local e as comunidades sejam pró-activas no combate aos desafios locais, nacionais e globais inerentes aos problemas ambientais. Nesse sentido, decidimos que, apesar de ser o primeiro ano de mandato, era importante avançar com uma candidatura/ projecto que nos comprometesse a contribuir para a economia circular e sustentabilidade ambiental", vinca Fernando Parreira.
"Por outo lado, a oportunidade de desenvolver um projecto ao nível da economia circular, um conceito inovador na área ambiental, que assenta num processo que integra a redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia, foi também umas das motivações para avançarmos", acrescenta o autarca.
Para Fernando Parreira, as mais-valias deste projecto são evidentes e passam por "desenvolver uma resposta local prática a um problema ambiental local/ nacional/ global" e "constituir-se como uma boa prática e exemplo para outras iniciativas deste âmbito". "Apoiar e capacitar pessoas em situação de vulnerabilidade económica" e "poder consolidar-se como um projecto sustentável de estímulo à economia circular na freguesia de São Luís" são outras das virtudes do programa apontadas pelo presidente da Junta de São Luís.
O projecto "Escalabardo" já está em execução e o seu atelier está situado nas instalações do Cerro do Moinho. A iniciativa representa um investimento de quase 25 mil euros, tendo um financiamento de 85% através do Fundo Ambiental, promovido pelo Ministério do Ambiente para apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objectivos do desenvolvimento sustentável. O projecto conta ainda com a colaboração da empresa Ecosativa-Consultoria Ambiental e da designer de moda Ana Baleia.
Para já, revela o presidente da Junta de São Luís, "o foco está na experimentação e criação dos produtos e da marca", estando "prevista uma apresentação pública do projecto em final de Janeiro". "O contrato de colaboração prevê a sua implantação até Março de 2019, mas a nossa intenção é que até essa data possamos definir estratégias para a sua sustentabilidade futura", conclui Fernando Parreira.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
13h34 - terça, 18/06/2019
Detido pela GNR por lenocínio no concelho de Ourique
Um homem de 59 anos vai aguardar julgamento em prisão preventiva, depois de ter sido detido pela GNR no concelho de Ourique pela alegada prática dos crimes de lenocínio, auxílio à imigração ilegal, detenção de arma proibida, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais.
07h00 - terça, 18/06/2019
Acidente causa ferido
grave na mina de Aljustrel
O rebentamento de uma conduta de ar comprimido na lavaria da mina de Aljustrel causou ferimentos graves a um trabalhador de 32 anos na tarde desta segunda-feira, 17 de Junho.
07h00 - terça, 18/06/2019
Incêndios nos concelhos
de Almodôvar e Castro
Dois incêndios queimaram na tarde desta segunda-feira, 17 de Junho, vários hectares de floresta e de pasto nos concelhos de Almodôvar e de Castro Verde.
07h00 - terça, 18/06/2019
Teatro para seniores
na vila de Aljustrel
O Cine Oriental, em Aljustrel, recebe nesta terça-feira, 18 de Junho, pelas 15h00, a peça de teatro "A minha avó é uma comédia!", interpretada pela Associação Cultural Cri'Arte e apresentada no âmbito das Jornadas do Envelhecimento + Activo 2019.
07h00 - terça, 18/06/2019
Câmara de Ferreira do Alentejo
lança novo Programa de
Responsabilidade Social
Distinguir anualmente as empresas que promovam práticas sociais e ambientais responsáveis no concelho é o objectivo do novo Programa de Responsabilidade Social da Câmara de Ferreira do Alentejo.

Data: 14/06/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial