07h00 - sexta, 21/12/2018

Castro Verde vai ter Zona
de Actividades Económicas

Castro Verde vai ter Zona de Actividades Económicas

A vila de Castro Verde vai ter finalmente uma Zona de Actividades Económicas (ZAE)! O concurso público para a empreitada será lançado pela Câmara Municipal já no início do próximo ano de 2019, depois de ter sido garantido financiamento comunitário para a obra através do programa operacional Alentejo 2020.
"Esta é uma excelente notícia para Castro Verde", enfatiza o presidente da autarquia, António José Brito, adiantando ao "CA" que a candidatura apresentada pelo Município em Abril de 2018 "teve agora resposta positiva". Nesse sentido, acrescenta o autarca, a obra, avaliada em quase 1,8 milhões de euros, terá uma comparticipação comunitária de 85%, o que corresponde a cerca de 1,5 milhões de euros.
"A aprovação deste financiamento corresponde a mais uma etapa muito importante no sentido de fortalecer a dinamização e diversificação do tecido empresarial do concelho de Castro Verde", observa António José Brito.
O presidente da Câmara de Castro Verde afirma ainda que "a criação da ZAE permitirá tirar partido das dinâmicas da actividade mineira" existente no concelho, ainda mais tendo em conta que a Somincor, empresa concessionária da mina de Neves-Corvo, tem em marcha um projecto de 320 milhões de euros para aumentar a produção de zinco.
Ao mesmo tempo, continua António José Brito, a criação de uma ZAE em Castro Verde – que é, de momento, a única sede de concelho do distrito de Beja que ainda não conta com um equipamento desta natureza –, vai "fomentar a atracção de investimentos, nascimento de novas empresas e criação de mais postos de trabalho" no município.
O projecto da ZAE de Castro Verde prevê uma área total de implantação de 53.733 m2, que permitirá a criação de 39 lotes para acolher empresas que ali pretendam desenvolver a sua actividade económica.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 11/01/2019
Aljustrel investe em novas áreas empresariais
A Câmara de Aljustrel vai investir quase cinco milhões de euros em quatro novas áreas empresariais, num investimento total de quase cinco milhões de euros, que tem comparticipação comunitária, através do programa Alentejo 2020, na ordem dos 4,2 milhões de euros.
07h00 - quinta, 10/01/2019
Baixo Alentejo
recebe 6 milhões
para coesão social
São mais de seis milhões de euros para os municípios do Baixo Alentejo dinamizarem, nos próximos três anos, novos projectos de coesão social para mitigar problemas como o desemprego, a pobreza e o envelhecimento.
07h00 - segunda, 31/12/2018
CM Almodôvar contra
fecho de balcão do BCP
A Câmara de Almodôvar contesta o encerramento, no início de 2019, do balcão local do banco Millennium BCP, considerando que esta decisão "não é do interesse municipal e não serve os interesses da população de Almodôvar".
07h00 - quinta, 27/12/2018
Roubos de azeitona
aumentam no Alentejo
A Olivum-Associação de Olivicultores do Sul, com sede em Beja, está preocupada com o aumento de roubos de azeitona no Alentejo e pede às autoridades policiais um aumento da fiscalização em postos de recepção.
07h00 - segunda, 24/12/2018
Cinco milhões de investimento
avança no concelho de Aljustrel
O programa Alentejo 2020 aprovou no final Novembro financiamento comunitário a quatro projectos para novas áreas de acolhimento empresarial no concelho de Aljustrel.

Data: 11/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial